Após novo lançamento de balões incendiários, Israel responde com bombardeios a alvos do Hamas

Por Agência EFE

Israel bombardeou alvos do grupo terrorista islâmico Hamas na Faixa de Gaza esta manhã pela primeira vez em duas semanas em resposta ao lançamento de balões incendiários no enclave de seu território ontem.

O Exército informou nesta sexta-feira em um comunicado que “aviões de guerra atacaram um local de fabricação de armas” pertencente ao Hamas, que de fato governa o enclave desde 2007.

Além disso, de acordo com um porta-voz militar, este lugar “foi usado pelo Hamas para pesquisar e desenvolver armas”.

O comunicado militar detalhou que o ataque foi realizado “em resposta ao lançamento de balões incendiários contra território israelense”, algo que não acontecia há duas semanas e que já havia desencadeado alguns bombardeios israelenses em meados do mês passado.

Durante o dia de ontem, esses balões, lançados por terroristas palestinos em Gaza, causaram quatro incêndios em comunidades israelenses vizinhas, segundo a mídia local, acrescentando que não causaram danos graves e foram rapidamente controlados.

Esses incidentes quebram assim a calma que prevalecia na área desde 17 de junho passado, que culminou três dias de hostilidades que começaram com protestos e lançamentos de balões de Gaza em reação a uma marcha de nacionalistas israelenses na parte oriental de Jerusalém.

Na ocasião, segundo as autoridades israelenses, o ataque incendiário do balão provocou mais de 25 incêndios no sul de Israel, sem feridos ou causando grandes danos.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também:

 

 
Matérias Relacionadas