Patrulha de Fronteira detém 711 migrantes do Brasil, Venezuela e Portugal

Migrantes de nacionalidades, que até poucos meses eram incomuns, são detidos na fronteira da Califórnia com México

Por Agência EFE

A Patrulha de Fronteira de San Diego elogiou, na sexta-feira, a colaboração do Governo do México para deter 711 migrantes do Brasil, Venezuela e Portugal, entre 23 de outubro e 9 de novembro.

Em um tom incomum, o chefe da patrulha de San Diego, Aaron Heitke, declarou que o apoio do México “continua a desempenhar um papel vital na luta contra contrabandistas que exploram pessoas para obter ganhos monetários”.

“Agradecemos seu apoio e continuaremos nosso esforço conjunto para levar esses criminosos à justiça”, declarou.

O agente de supervisão,Tekae Michael, afirmou à Efe que as prisões puderam ser realizadas graças ao fato da Patrulha de Fronteira em San Diego ter uma equipe de Operações Estrangeiras que trabalha em conjunto com o Governo do México.

Também relatou que esta unidade “se articula regularmente com o governo federal do México, com o Instituto Nacional de Migração (INM)”, para enfrentar desafios conjuntos.

Michael explicou que o grupo de oficiais de operações estrangeiras “tem oficiais designados permanentemente”.

Em um comunicado, a Patrulha de Fronteira relatou vários grupos “incomumente grandes” de migrantes de nacionalidades que até poucos meses atrás eram incomuns de encontrar na fronteira da Califórnia com o México.

“Nas últimas semanas, os agentes da Patrulha de Fronteira do Setor de San Diego encontraram um número crescente de grupos de migrantes de tamanho incomum, variando de aproximadamente 50 a 90” pessoas de nacionalidade portuguesa, venezuelana e brasileira.

Esta é a contagem das prisões recentes de grandes grupos.

No dia 4 de novembro, a Patrulha prendeu 75 pessoas do Brasil, Venezuela e Portugal as quais encontrou trancadas em um caminhão. O motorista e um companheiro, que eram os traficantes, ambos de nacionalidade mexicana, foram presos.

Entre 28 de outubro e 9 de novembro, os agentes de fronteira encontraram outros cinco grupos, de 43, 49, 73, 84 e 93 pessoas, principalmente do Brasil e da Venezuela.

Em 27 de outubro, a Patrulha prendeu um grupo de 67 homens, mulheres e crianças do Brasil e da Venezuela. No dia 26 de outubro, ela encontrou outros dois grupos, um com 86 brasileiros e outro com 69 brasileiros, detidos no mesmo local.

Em 23 de outubro, 72 homens, mulheres e crianças do Brasil e da Venezuela foram detidos em San Ysidro enquanto tentavam cruzar a fronteira através de um esgoto.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas