Tela que se ajusta aos problemas de visão do usuário

Há muitas pessoas que sem os óculos ou as lentes de contato não consegue ver com suficiente clareza a tela do smartphone, do ipad ou do computador. Que tal uma tela que se ajuste aos seus olhos, que dispense o uso de óculos ou de lentes de contato? Isso está se tornando realidade.

Pesquisadores do MIT e da Universidade da Califórnia de Berkeley, nos EUA, criaram uma tecnologia que usa algoritmos para modificar e ajustar as imagens da tela ao grau da deficiência visual da pessoa.

Para isso, uma camada de material transparente especial, sobreposta à tela convencional, por meio de algoritmo especial, ajusta as imagens à deficiência visual do usuário de modo que ele possa, sem usar óculos ou lentes de contato, ver nitidamente imagens e textos do mesmo que veria usando-os em uma tela convencional.

Em vez de depender da óptica para corrigir a visão, nós usamos a computação. É um tipo de correção visual não convencional e é não-invasiva” disse Fu-Chung Huang, que lidera a equipe de pesquisadores.

“Nossa técnica distorce a imagem de tal modo que, quando o usuário olha para a tela, a imagem mostra-se bastante nítida a ele. Porém, se outra pessoa [com outro grau de deficiência visual] olhar para a imagem, esta parecerá não nítida a ela”, disse Brian Barsky, da equipe de Huang.

“Nossa expectativa é estender essa técnica também para a correção visual múltipla em telas compartilhadas para que, assim, pessoas com diferentes problemas visuais possam olhar para a mesma tela e verem nitidamente as imagens”, disse Huang.

Numa fase inicial, a técnica já foi testada com sucesso em telas de smartphones. A tecnologia poderá estar disponível comercialmente daqui a dois anos.

 
Matérias Relacionadas