Programa de mapas da Apple classifica Taiwan como província da China

Um aspecto do novo sistema operacional móvel da Apple pode não ter uma recepção calorosa em Taiwan, após algumas versões do seu programa de mapa incluso referir-se ao país como uma província da China, um rótulo que os taiwaneses disputam fortemente.

O sistema de mapa disponível no novo sistema operacional móvel, o iOS 7, em suas versões em inglês e chinês, identifica Taiwan como: “Província de Taiwan, China”, em algumas regiões.

A mudança na descrição de Taiwan não parece ter sido incluída na reformulação do sistema operacional desktop da Apple, chamado OS X Mavericks. A versão desktop em inglês e chinês, testada nos Estados Unidos, identifica Taiwan simplesmente como Taiwan.

Taiwan é uma pequena nação insular no sudeste da China. Ele tem sua própria Constituição, força militar e um governo eleito democraticamente, embora o Partido Comunista Chinês (PCC) afirme que Taiwan é uma província separatista e que se reserva o direito de usar força militar para pô-la sob controle.

Funcionários do Ministério das Relações Exteriores (MRE) de Taiwan disseram num comunicado no dia 29 de outubro que Taiwan “definitivamente não se comprometerá com a questão” e “fará todos os esforços para negociar com a Apple”.

“Nós organizamos imediatamente a Missão no Estrangeiro para negociar com a Apple”, disse Kelly Hsieh, chefe do escritório da América do Norte no MRE, à Voz da América. “É óbvio que isso não se conforma com os fatos e tem o efeito de depreciar Taiwan.” A negociação entre Taiwan e a Apple ainda está em andamento, diz Hsieh.

A reação de Taiwan tem despertado discussão acalorada entre os internautas de ambos os países. Um grande número de internautas chineses respondeu no sentido de que “Taiwan é parte da China” e “está tudo bem que a Apple chame Taiwan de uma província chinesa”.

Outros da China continental foram críticos à Apple. “A Apple não tem firmeza diante do lucro. Concordo que Taiwan é a China, mas a situação agora ainda não está clara e as relações através do Estreito são nebulosas e intensas. A Apple usar isso para bajular a China continental é desprezível!”

Internautas de Taiwan ficaram furiosos com a ideia de seu país ser classificado como parte da China. “Que ‘província de Taiwan’? Eu sou de Taiwan, não da China continental, OK?”, comentou Guo Achun, um internauta taiwanês.

“Taiwan usa dólar taiwanês, enquanto a China continental usa renminbi. Taiwaneses escrevem com caracteres tradicionais, enquanto no continente se escreve com caracteres simplificados. E há muitas coisas diferentes entre Taiwan e o continente! Eu não disse que o continente é ruim, mas acho que são definitivamente países diferentes!”

A disputa entre Taiwan e a China continental já dura décadas, desde que o PCC estabeleceu a República Popular da China em 1949, após derrotar os nacionalistas numa guerra civil. Os nacionalistas fugiram para Taiwan, que estes conquistaram e chamaram de República da China – uma continuação da nação fundada em 1912, após o colapso da dinastia imperial Qing.

A Apple não respondeu imediatamente a um e-mail pedindo comentários. Não está claro se a alteração do nome de Taiwan é uma tentativa de agradar as autoridades chinesas. No início deste ano, a Apple foi alvo de semanas de campanha de propaganda dirigida pela Central do PCC, que a acusava de “arrogância sem paralelo” por seus altos preços e supostas garantias de produtos discriminatórias.

Também não está claro se a referência a Taiwan é diferente para regiões distintas ou se a Apple rapidamente reverteu o nome após as reações. Em artigos iniciais, jornalistas de Taiwan demonstraram em seus dispositivos que Taiwan era referida como uma província da China, mas, nos Estados Unidos, algumas horas mais tarde, Taiwan aparecia simplesmente como Taiwan.

 
Matérias Relacionadas