Oswaldo Eustáquio sofre censura definitiva do STF

Por Ricardo Rorevan, Terça Livre

O jornalista Oswaldo Eustáquio foi proibido de frequentar a partir da quarta-feira (27) toda e qualquer rede social em nome próprio, ou ainda por intermédio de sua assessoria de imprensa ou de comunicação e qualquer outra pessoa, física ou jurídica por determinação do ministro Alexandre de Moraes para que o jornalista ou qualquer pessoa fique impedido de se expressar ou se comunicar em seu nome.

Oswaldo foi preso no âmbito do inquérito 4828 da Suprema Corte em 18 de dezembro do ano passado e permaneceu até ontem (26), quando o ministro optou por converter a prisão dele em domiciliar.

Conforme noticiado pelo Terça Livre na terça-feira (26), a Polícia Federal disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não encontrou provas suficientes para indiciar pessoas que seriam responsáveis pela suposta realização ou financiamento de “atos antidemocráticos”.

 
Matérias Relacionadas