JBS pagou R$ 2,1 milhões a instituto de Gilmar Mendes

O Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) ganhou nos últimos dois anos R$ 2,1 milhões do Grupo J&F, controladora da JBS, a título de patrocínio de eventos, informou a Folha de São Paulo. O ministro Gilmar Mendes, do STF, é um dos sócios do IDP.

Segundo o IDP e a JBS, citados pelo jornal, um dos eventos do instituto patrocinados foi um congresso realizado em Portugal no mês de abril, pouco mais de uma semana após o acordo de delação ter sido firmado por sete executivos do frigorífico com o Ministério Público Federal.

Daquele evento, participaram ministros do governo de Michel Temer, magistrados, além de advogados e políticos.

 
Matérias Relacionadas