Janaina, a defensora

Por Ricardo Roveran, Terça Livre

Após observar inúmeros ataques ocorridos na manhã desta quinta-feira (4) às deputadas Bia Kicis e Carla Zambelli, do PSL, indignada, a colega do parlamento paulista, Janaina Paschoal, da mesma sigla, saiu em defesa das duas.

Bia e Carla foram as vítimas da imprensa, de deputados de oposição, do Judiciário etc. A primeira pela indicação à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, e a segunda pela mera menção de assumir a Secretaria de Comunicação (SeCom).

Paschoal classificou como “raivosa” a reação do establishment ao nome das duas parlamentares e salientou que, apesar de serem “acusadas” de estar com os nomes no “inquérito dos atos antidemocráticos“, o tal crime, que seria substância das acusações, “sequer existe no nosso ordenamento!

Tenho profundas divergências ideológicas com as Deputadas Federais Bia Kicis e Carla Zambelli, mas acho muito curiosa a raivosa reação à indicação de ambas para importantes cargos na Câmara Federal. Bradam que “são investigadas por atos antidemocráticos…”.

Ora, esse crime sequer existe no nosso ordenamento! Intrigantememte, os mesmos “defensores da Democracia” nunca se indignaram com a ascensão de Parlamentares investigados por corrupção, peculato e lavagem de dinheiro. Na verdade, não aguentam a Democracia!

Carla e Bia têm a mesma legitimidade de todos os demais Deputados. O povo que as julgue em 2022.“, tuitou a parlamentar.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas