Críticas não abalam Kassio e Bolsonaro mantém confiança no indicado

Questionamentos sobre o currículo, não afetaram a confiança do presidente Jair Bolsonaro no magistrado

Por Diário do Poder

Os “tiros de inquietação” disparados contra a indicação do juiz federal Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal (STF), com os questionamentos sobre seu currículo, não afetaram a confiança do presidente Jair Bolsonaro no magistrado. A escolha será mantida e o ministro indicado não é do tipo que desistiria da postulação, segundo quem o conhece. Os esclarecimentos de Marques e de quem entende da vida acadêmica foram consideradas suficientes por fontes do governo. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O constrangimento gerado pelas acusações logo foi superado pelos esclarecimentos do próprio ministro indicado ao presidente Bolsonaro.

Nota do respeitado juiz federal Roberto Veloso, coordenador de mestrado da UFMA e ex-presidente da Ajufe, foram fundamentais.

Veloso afirmou que “não há irregularidades no currículo” e que no Brasil cursos de especialização e extensão “são considerados pós-graduação”.

O próprio ministro indicado ao STF tem se encarregado de explicar a senadores e magistrados as supostas inconsistências do currículo.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas