Coreia do Norte dispara vários projéteis não identificados na costa leste do país

Por Reuters

A Coreia do Norte disparou vários projéteis não identificados na manhã de quarta-feira, 30 de julho, menos de uma semana depois de disparar dois novos mísseis balísticos de curto alcance, conforme o Comando Conjunto da Marinha Sul-Coreana (JCS).

Os últimos lançamentos foram da península de Hodo, na costa leste da Coreia do Norte, a mesma área de onde ocorreram disparos na semana passada, informou o JCS em um comunicado. Ele disse que estava monitorando a situação em caso de lançamentos adicionais e mantendo uma postura de prontidão.

A Coreia do Norte testou dois novos mísseis balísticos de curto alcance em 25 de julho, seus primeiros testes de mísseis desde que o líder Kim Jong Un e o presidente Donald Trump se encontraram no final de junho e concordaram em retomar as negociações de desnuclearização.

Trump and Kim in DMZ
O presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong Un na zona desmilitarizada (DMZ) que separa as Coreias do Norte e do Sul em Panmunjom, na Coreia do Norte, em 30 de junho de 2019 (Foto de Dong-A Ilbo via Getty Images)

A Casa Branca, o Pentágono e o Departamento de Estado não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Tanto Trump quanto o secretário de Estado, Mike Pompeo, minimizaram os lançamentos da semana passada e Pompeo continuou expressando esperanças de um avanço diplomático com a Coreia do Norte.

A cúpula de fevereiro no Vietnã, entre Trump e Kim, fracassou depois que os dois lados não conseguiram conciliar as diferenças entre as exigências de Washington para a desnuclearização completa de Pyongyang e as demandas norte-coreanas para o alívio das sanções.

O presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong Un apertam as mãos antes do bate-papo durante a segunda cúpula dos Estados Unidos e da Coreia do Norte no Metropole Hotel em Hanói, no Vietnã, em 27 de fevereiro de 2019 (Leah Millis / Reuters)

Uma autoridade norte-coreana disse na semana passada a uma contraparte do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, que as conversações em nível de trabalho começarão em breve, disse uma autoridade sênior do governo dos Estados Unidos, na terça-feira.

Trump reiterou aos repórteres na Casa Branca, na terça-feira, que ele tinha um bom relacionamento com Kim, mas acrescentou: “Vamos ver o que acontece. Eu não posso te dizer o que vai acontecer.

Pompeo disse na segunda-feira que espera que as conversações em nível de trabalho para reativar as negociações de desnuclearização possam ocorrer “muito em breve”, mas enfatizou que a cúpula de líderes de acompanhamento não foi planejada.

 
Matérias Relacionadas