Chinês defende sua casa da demolição com fogos de artifício

Uma cena da demolição, onde Wang usou fogos de artifício contra tratores e as forças de segurança que foram despejá-lo (Weibo.com)
Uma cena da demolição, onde Wang usou fogos de artifício contra tratores e as forças de segurança que foram despejá-lo (Weibo.com)

Recentemente, sons de fogos de artifício explodiram no distrito de Laoshan, na província de Shandong, China, mas a razão não era por qualquer celebração. Na manhã do dia 16 de agosto, quando escavadeiras e policiais urbanos, chamados ‘chengguan’, foram enviados pelo governo para bloquear e destruir um grupo de edifícios residenciais, o Sr. Wang acendeu e atirou fogos de artifício sobre eles do 2º andar de sua residência, pondo as forças de segurança e demolição para correr. Mas, por fim, a demolição foi efetivada e Wang perdeu suas propriedades.

De acordo com o Diário do Povo Online, uma mídia estatal porta-voz do Partido Comunista Chinês (PCC), o governo local está demolindo as casas dos aldeões próximas da Rodovia Li Sha para abrir caminho para o transporte público, visando atender a próxima Exposição Internacional de Horticultura de 2014.

Insatisfeitos com a remuneração ínfima oferecida, os moradores se recusaram a sair. Como a área é perto da Universidade Oceânica da China, que tem sido um local popular para construção e negócios desde 2005, as autoridades estão alegando agora que essas construções são ilegais, apesar de não terem interferido com os empreendimentos locais por oito anos.

Wang é um morador do distrito de Bei Long Kou. Desde 2008, ele construiu e alugava quatro edifícios adjacentes, cujos inquilinos usavam o espaço para conduzirem seus negócios. Para que o imóvel possa ser demolido, os proprietários devem ser compensados segundo um padrão estabelecido, disse Wang à imprensa local.

Moradores acharam o aparecimento súbito de tratores e as exigências de que eles evacuassem o local questionáveis: Onde estavam os funcionários do governo quando a construção foi feita em primeiro lugar? Por que as acusações e demolições ocorrem apenas agora que o valor da propriedade aumentou? O que levou as autoridades de supervisão, depois de oito anos sem problemas, a decretarem que os imóveis são agora ilegais?

Na China, os chengguan são notórios pelo abuso de poder e impunidade e o termo se tornou sinônimo de violência. No início deste ano, o vendedor de melancia Deng Zhengjia foi espancado até a morte por um chengguan, que o agrediu na cabeça com o contrapeso da balança de Deng. Pessoas da comunidade impediram que seu corpo fosse levado pelos policiais, então, o governo local enviou reforços para conter a multidão. Fotografias de pessoas idosas chinesas com rostos ensanguentados mais tarde apareceram online.

 
Matérias Relacionadas