Abrindo os mundos da fala com a Equinoterapia – Parte 2

Na primeira parte, conhecemos um programa de Equinoterapia chamado ‘Horse Talk’, o qual Toby Freeman desenvolveu para crianças com dificuldades de fala. Ela sempre soube da ligação que os cavalos podiam estabelecer com as pessoas se estas estiverem dispostas a escutar.

Um dia, teve uma epifania. Pensou nos clientes que necessitavam de algo a mais para ajudá-los a abrir as portas da comunicação. Ela pensou nas crianças autistas e seus problemas sensoriais. Ela pensou na magia do movimento e perguntou a si mesma, “porque não levar as crianças aos cavalos?”

Imediatamente começou a pesquisar e a usar cavalos na terapia. Toby descobriu que as pessoas têm usado cavalos há mais de 30 anos para terapia física, como trabalhar com pacientes fisicamente deficientes com lesões cerebrais, coluna vertebral e derrame cerebral. Terapeutas ocupacionais têm usado cavalos para assistir o trabalho de postura, equilíbrio e controle motor nas crianças.

Confiante que a terapia com cavalos possa ajudar os seus clientes com dificuldades de fala, Toby decidiu aprender sobre terapia com equinos. Ela descobriu um programa certificado na Geórgia.

Completou o 1º nível de treino da Associação Americana de Equinoterapia, e em junho de 2008, Toby conseguiu ser certificada pela ‘North American Ridding for the Handicapped  Association’ (NARHA) como instrutora clínica de terapia com equinos. NARHA é hoje reconhecida pela ‘Professional Association of Therapeutic Horsemanship International’ (PATH Intl.).

Toby iniciou a prática de equinoterapia com a compra de uma égua. Hoje em dia o seu programa tradicional de fala e linguagem atende cerca de 50 pacientes por semana e cerca de 10 frequentam as sessões de equinoterapia da Horse Talk.

Toby possui 3 cavalos no estábulo do Horse Talk. As sessões de equinoterapia são organizadas para responder a uma vasta variedade de necessidades dos clientes, tal como autismo, desordens do processamento auditivo, aprendizagem da fala, gaguez, derrame e paralisia cerebral, desordens psicológicas e outras condições que limitam a capacidade de se comunicar.

Toby explicou que um cavalo possui uma capacidade assinalável para receber informação e processá-la. Um cavalo tem a maneira de filtrar os bloqueios e medos de uma pessoa, e entender o que ela tenta comunicar.

Todos os programas de Toby se baseiam em recompensar as crianças pelo seu sucesso. Muitas vezes a primeira vez que uma criança sente a alegria da comunicação é na sessão com o cavalo. As crianças sentem-se recompensadas quando o cavalo responde ao seu toque ou palavras.

Mas é mais do que isso. Parte da experiência é também física. A sensação de estar sentado no cavalo, o poder, o calor, o movimento do cavalo…

Algumas partes das lições são simples, tais como sentar em cima do cavalo ou brincar com um boneco. As crianças podem começar simplesmente escovando o cavalo. Podem brincar apanhando uma bola enquanto montam o cavalo. Alguns nunca brincaram com uma bola antes.

Infelizmente, Nathan (a criança apresentada na Parte 1) desenvolveu uma alergia a cavalos e já não consegue montá-los, mas continua a melhorar e expandir o seu mundo na sessões de terapia tradicional com Toby.

Muitas vezes os clientes de Toby necessitam apenas algumas sessões para quebrar as suas barreiras e se abrirem-se ao mundo da fala e da comunicação. Então podem continuar com a sua terapia convencional e acrescentar ao progresso inicial conseguido com os cavalos. Alguns manifestam as suas novas capacidades em outros contextos em questão de semanas.

Esta é a segunda parte de uma série de dois artigos. Clique aqui par ver a primeira parte.

Para saber mais sobre o programa Horse Talk ou para falar com Toby sobre a equinoterapia visite o website em  www.nhhorsetalk.com

Dutch Henry é um romancista e um freelancer que escreve sobre “pessoas e cavalos que ajudam cavalos e pessoas”. Você pode contatar Dutch em dutchhenry@hughes.net. O seu romance “We’ll Have the Summer” está disponível na Amazon e no website de Dutch www.dutchhenryauthor.com

 
Matérias Relacionadas