Xi Jinping nomeia novo redator de discursos, o que poderia antecipar mais mudanças, diz analista

Wang era o oficial preferido de três líderes do regime e ocupou esse cargo durante o governo de Jiang Zemin, Hu Jintao e Xi Jinping

Por Nicole Hao

A posição do redator de discursos do líder do Partido Comunista Chinês (PCC), Xi Jinping, mudou silenciosamente de Wang Huning, que ocupava aquele cargo por mais de duas décadas, para Jiang Jinquan.

Como diretor do Escritório Central de Pesquisa Política (CPRO) do PCC, Wang teve um papel influente na elaboração não apenas de discursos importantes, mas de muitas das políticas-chave de Xi.

Em 30 de outubro, a mídia estatal chinesa Xinhua anunciou que o vice-diretor, Jiang Jinquan, será promovido a diretor do CPRO. Isso confirma a substituição de Wang Huning, que está no cargo desde 2002.

As principais responsabilidades do CPRO são fornecer recomendações de políticas e experiência em governança, abrangendo os campos político, social e econômico.

O diretor do CPRO freqüentemente redige as ideologias e teorias do PCC, bem como declarações de políticas em grandes congressos ou sessões plenárias.

Wang era o oficial preferido de três líderes do regime e ocupou esse cargo durante o governo de Jiang Zemin, Hu Jintao e Xi Jinping.

Sob Xi, Wang se tornou um dos oficiais mais poderosos do PCC. Ele é membro do órgão máximo de tomada de decisões do PCC, o Comitê Permanente do Politburo. Ele também é o primeiro secretário da Secretaria do Partido, o que o torna o principal responsável pela propaganda do regime.

A saída repentina é incomum, levando analistas a especular se Xi estava fazendo mudanças de pessoal em preparação para o próximo conclave do PCC, o 20º Congresso Nacional em 2022. Cada sucessão subsequente de líderes do Partido é decidida no Congresso, realizada a cada cinco anos. Mas Xi pavimentou o caminho para ele ser o líder do PCC por toda a vida removendo os limites de mandato para o presidente do Partido.

“Xi está começando a mudar posições importantes para o próximo 20º Congresso Nacional”, disse Tang Jingyuan, comentarista de assuntos chineses sediado nos Estados Unidos, em entrevista por telefone. “Xi irá promover mais funcionários leais a ele nos próximos meses”.

De acordo com o estatal Diário do Povo, Jiang, 61, é da província de Hubei e trabalha sob a liderança de Wang desde que iniciou sua carreira de CPRO nos anos 1990. Depois de 2018, quando Jiang foi promovido Como vice-diretor do CPRO, ele participou várias vezes em importantes reuniões internas do Partido como parceiro de Xi.

“Jiang Jinquan é leal a Xi na superfície e é seguidor de Wang”, disse Tang. “Xi está usando Jiang, provavelmente porque acredita que este seguiria as estratégias que ele estabeleceu nos anos anteriores”.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas