Voz de Kim Jong-un em discurso pode revelar problema de saúde, diz especialista

Um especialista forense analisou o áudio do polêmico discurso de Ano Novo de Kim Jong-un, ditador do regime comunista norte-coreano, e afirmou que a debilidade de sua voz sugere que ele pode ter um problema renal.

Em sua declaração, Kim ameaçou o mundo afirmando: “Eu tenho um botão nuclear na minha mesa”, pronto para disparar mísseis.

O professor de áudio forense Cho Dong-uk, da Universidade Estadual de Chungnam, analisou os padrões vocais, o tremor e o brilho das palavras de Kim.

Ele também monitorou a relação entre ruído, harmônicos e “energia” em sua voz, informou o jornal The Korea Times ao publicar uma entrevista de Kim com a News 1.

Como resultado, o professor chegou à conclusão de que “seus rins não estão funcionando tão bem como seus outros órgãos”.

“Problemas renais geralmente provocam inchaço em algumas partes do corpo”, afirmou o relatório coreano.

Quanto aos pulmões e ao coração, o professor Chou sugeriu que eles estão saudáveis, pelo menos aparentemente.

O diagnóstico dos problemas de saúde de Kim é reforçado pelo seu evidente excesso de peso. Também é sabido que ele bebe e fuma.

Apesar de ser considerado ano oficial de nascimento de Kim Jong-un o ano de 1982, várias fontes sugerem que o ano foi alterado por motivos simbólicos (Ed Jones/AFP/Getty Images)
Apesar de ser considerado ano oficial de nascimento de Kim Jong-un o ano de 1982, várias fontes sugerem que o ano foi alterado por motivos simbólicos (Ed Jones/AFP/Getty Images)

Quando em certa ocasião Kim Jong-un apareceu mancando e se apoiando em uma bengala, um jornal sul-coreano afirmou que ele havia fraturado o tornozelo devido ao seu próprio excesso de peso, de acordo com uma reportagem do jornal Telegraph.

Esta semana foi divulgado que o ditador comunista estava comemorando seu aniversário de 36 anos. No entanto, o regime norte-coreano não divulga oficialmente quantos anos ele realmente tem.

“Kim Jong-un parece ter herdado os problemas de saúde de seu pai, bem como o seu amor pela boa vida. A morte súbita de Kim Jong-il foi atribuída à hipertensão, doenças cardíacas e diabetes”, informou Telegraph.

Leia também:
Anistia Daca: o que é a lei Dream?
Conversas com Coreia do Norte são uma farsa, dizem especialistas
Departamento de Justiça sinaliza campanha anticorrupção no governo dos EUA

 
Matérias Relacionadas