Volkswagen retoma linha de produção em todas as fábricas no Brasil

A marca está seguindo mais de 80 regras de higiene e saúde

Por Diário do Poder

Após o período de pausa na produção, por causa da pandemia do novo coronavírus, a Volkswagen reinicia as atividades em todas as fábricas no Brasil. A retomada, que começou de forma gradual pela planta no Paraná, acaba de ser finalizada com as reabertura das unidades de São Bernardo do Campo e Taubaté.

Segundo a Volkswagen, mais de 80 regras e medidas de higiene e saúde foram adotadas para o retorno dos empregados de forma segura. As medidas foram incluídas em uma cartilha digital para serem seguidas por todos os colaboradores no regresso às atividades.

A planta de Anchieta em São Bernardo do Campo (SP) retornou parcialmente com algumas áreas da produção no dia 26 de maio e, integralmente, com um turno de produção no dia 1º de junho. A fábrica produz o novíssimo Nivus além do Polo, Virtus e Saveiro.

Em Taubaté, na região do Vale do Paraíba em São Paulo, a planta retornou parcialmente com algumas áreas da produção também no dia 26 de maio e, integralmente, com um turno de produção no início de junho. A unidade é responsável pela produção do Gol, Voyage e up!.

A planta de São Carlos, no interior de São Paulo, é responsável pela produção dos motores da família EA211 nas versões 1.0l MPI, 1.0l TSI, 1.4l TSI e 1.6l MSI, e também do motor EA111 1.6l. A fábrica retornou plenamente com dois turnos no dia 26 de maio.

A fábrica localizada em São José dos Pinhais, na grande Curitiba (PR), retomou em dois turnos de produção no dia 18 de maio. A planta produz T‑Cross e Fox, além do Audi A3 Sedan — a marca premium faz parte do grupo Volks.

De acordo com a Volkswagen, a equipe administrativa continuará realizando suas atividades de forma remota e a prioridade para o retorno nas fábricas continua sendo a saúde e segurança dos empregados.

Medidas de higiene e segurança foram intensificadas e adotadas com base nas experiências das fábricas do Grupo VW na China e Alemanha, em conformidade também com os protocolos internacionais e alinhadas às determinações dos governos.

Entre as regras estabelecidas pela marca estão: distanciamento de 1,5m entre as pessoas, sinalização e orientações de segurança e higiene, uso obrigatório de máscaras, limpeza periódica das unidades e reforço na desinfecção dos ambientes, medição de temperatura dos empregados antes de ingressar no ônibus fretado e na fábrica.

Aumento do número de ônibus fretados para garantir o distanciamento das pessoas, uso de luvas para servir-se e demarcação de assentos nos refeitórios e postos avançados de atendimento médico dentro das fábricas (três em São José dos Pinhais, seis na Anchieta, três em Taubaté e um em São Carlos) para orientação, triagem e atendimento mais rápido de todos.

 
Matérias Relacionadas