UNESCO condena assassinato de radialista colombiano

(UNESCO)

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, pediu nesta sexta-feira (2) uma investigação sobre a morte do radialista colombiano morto a tiros no caminho para o trabalho. Jose Gomez Naudin foi assassinado na segunda-feira (29) na cidade de Buga, Valle del Cauca, oeste da Colômbia.

“Condeno o assassinato de Gomez e peço que as autoridades façam o possível para esclarecer completamente esse crime e levar os responsáveis à justiça”, disse Bokova.

De acordo com testemunhas, Gomez foi morto a tiros por dois assaltantes quando chegava à Rádio Guadalajara, onde apresentava um programa matinal de entrevistas.

Gomez é o segundo colombiano a ser incluído este ano na lista da UNESCO dedicada a jornalistas mortos no cumprimento do dever.

Esta matéria foi originalmente publicada pela ONU Brasil

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas