Publicado em - Atualizado em 04/08/2017 às 15:57

Temer diz que vitória na Câmara foi “clara e incontestável”

A ação foi arquivada por 263 votos favoráveis e 227 contrários

Presidente Michel Temer (Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Presidente Michel Temer (Antonio Cruz/ Agência Brasil)

O presidente Michel Temer (PMDB) declarou nesta quarta-feira (2), através de um pronunciamento realizado assim que foi encerrada a sessão da Câmara dos Deputados, que a Casa se expressou de maneira “clara e incontestável” contra o prosseguimento das investigações contra ele por corrupção passiva. Segundo Temer, seu governo terá como foco o direcionamento e conclusão das reformas. “Diante dessa eloquente decisão, posso dizer que agora seguiremos em frente com as ações necessárias para concluir o trabalho que meu governo começou há pouco mais de um ano”, afirmou.

Ele disse também que, devido a ele, o país tem dado mostras de melhora e que o que a Câmara decidiu proporciona os meios necessários para dar estabilidade e assim melhorar as condições. “Estamos retirando o Brasil da mais grave crise econômica da história. É urgente colocar o país nos trilhos do crescimento, geração de emprego, modernização e justiça social”, ressaltou.

O resultado da votação da admissibilidade da ação contra Michel Temer teve 263 votos a favor do relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), portanto, a favor do arquivamento da denúncia de corrupção passiva. Em contrapartida, 227 parlamentares votaram por prosseguir com as investigações. Foram computadas 19 ausências e duas abstenções.

Leia também:
Câmara arquiva denúncia contra Michel Temer
Congresso Nacional custa R$ 1,16 milhão por hora, calcula ONG
Ex-secretário de obras de Eduardo Paes é preso na operação “Rio, 40 graus”

Todo conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito ao Epoch Times em Português e para o repórter da matéria.
Leia a diferença. Epoch Times Todos os direitos reservados © 2000-2016