Sindicalistas dos EUA virão ao Brasil para apoiar candidatura de Lula

Ex-presidente está virtualmente inelegível pela lei da Ficha Limpa

Por Agência EFE

Vários líderes sindicais dos Estados Unidos viajarão na próxima segunda-feira (13) a São Paulo para dar apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas próximas eleições, apesar de estar preso.

Entre os sindicalistas que viajarão ao Brasil, onde permanecerão cinco dias, se encontram o vice-presidente executivo da American Federation of Labor-Congress of Industrial Organizations (AFL-CIO), Tefere Gebre; e seu colega da United Food and Commercial Workers (UFCW) e presidente nacional do Retail, Wholesale and Department Store Union (RWDSU), Stuart Appelbaum.

“Os membros da delegação expressarão seu apoio aos grupos que estiveram na linha de frente da luta para defender o direito do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva de se apresentar como candidato nas eleições presidenciais de 7 de outubro”, informaram os sindicatos em comunicado conjunto.

“Continuaremos apoiando a luta para fazer justiça até que o presidente Lula seja libertado e os brasileiros possam ter, finalmente, eleições justas”, afirmou Gebre no comunicado.

O ex-presidente Lula, que está preso desde abril cumprindo pena de 12 anos por corrupção e lavagem de dinheiro, está virtualmente inelegível pela lei da Ficha Limpa.

 
Matérias Relacionadas