Simone Biles explica por que deixou abruptamente o evento olímpico após EUA não conseguirem medalha de ouro

Por Pachi Valencia

A ginasta americana Simone Biles disse que parou abruptamente de competir durante a final por equipe de ginástica feminina porque estava lidando com problemas mentais.

Falando a repórteres depois que os Estados Unidos foram derrotados pela Rússia, Biles disse que “Achei que seria um pouco melhor ficar em segundo plano, trabalhar totalmente na minha consciência”.

Biles disse que não se machucou fisicamente, embora a equipe dos EUA tenha dito anteriormente que ela estava fora devido a “um problema médico”.

“É por isso que dei um passo para trás, porque não queria fazer algo bobo e me machucar”, disse ela, chamando as Olimpíadas de “muito estressantes”.

“Treinamos esta manhã. Tudo estava bem. E então, durante aquela espera de cinco horas e meia ou mais, eu estava tremendo, mal conseguia tirar uma soneca. Nunca me senti assim antes de entrar em uma competição, então tentei sair e me divertir e o aquecimento na parte de trás foi um pouco melhor. Mas então, quando cheguei aqui, pensei: ‘Não, o mental não está lá.’ Então, eu só preciso deixar as meninas fazerem isso e focar em mim ”, disse ela na coletiva de imprensa pós-competição.

Biles, 24, foi substituído por Jordan Chiles, 20.

A equipe conquistou a prata e perdeu para a Rússia. A Grã-Bretanha ficou com o bronze.

Sunisa Lee dos EUA, Grace Mc Callum dos EUA, Simone Biles dos EUA e Jordan Chiles dos EUA sobem ao pódio da final da equipe feminina de ginástica artística após ganhar a prata durante as Olimpíadas de Tóquio, no Japão, em 27 de julho , 2021 (Loic Venance / AFP via Getty Images)

A repentina decisão de se aposentar, apesar de não estar ferida, causou divisão e gerou algum apoio e algumas críticas.

Sarah Hirshland, diretora executiva do Comitê Olímpico e Paraolímpico dos Estados Unidos, disse que Biles a deixou orgulhosa.

“Aplaudimos sua decisão de priorizar seu bem-estar mental acima de tudo, e oferecemos a você todo o apoio e recursos de nossa comunidade Team USA enquanto você navegar pela estrada à frente”, disse ela em um comunicado.

Os companheiros também disseram que apoiaram Biles, dando-lhe crédito pela prata.

Mas outros discordaram da medida.

“Agora homenageamos os atletas olímpicos que desistiram no meio da competição porque estavam tristes. O que é uma vergonha absoluta. Mas, de certa forma, é uma representação apropriada de um país que amoleceu ”, escreveu o colunista do Daily Wire Matt Walsh no Twitter.

Biles ainda tem vários eventos individuais na lista. Ela ainda não decidiu se vai participar deles.

Siga Zachary no Twitter: @zackstieber

Siga Zachary no Parler: @zackstieber 

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também

 
Matérias Relacionadas