Segurança para provas do Enem 2013 é intensificada

Aloizio Mercadante explica nova logística para Enem 2013 (João Neto / MEC)
Aloizio Mercadante explica nova logística para Enem 2013 (João Neto / MEC)

O Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, apresentou ontem (23) novas medidas que visam garantir a segurança na aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013, que bateu recorde de inscrições. A divulgação foi feita na sede do Ministério da Educação, em Brasília.

Uma das principais medidas é a utilização de lacres eletrônicos em todos os malotes que transportarão as provas. “A vantagem é que (com os lacres eletrônicos) temos total segurança do trajeto e do momento exato em que o malote é aberto, o que nos garante todo sigilo da prova”, explicou Mercadante.

Segundo o ministro, serão mais de 63 mil malotes que permanecerão assistidos através de GPSs que estarão conectados aos lacres eletrônicos. A experiência destes lacres foi realizada ano passado, em 10 mil malotes.

O número de inscritos para o Enem deste ano bateu recorde histórico, com mais 7 milhões de estudantes registrados, segundo o Ministério da Educação (MEC). Mercadante afirmou que quase todos os alunos que concluirão o ensino médio esse ano farão o Enem 2013.

Com a maior demanda por provas, o número de cidades e salas onde o exame poderá ser realizado teve que aumentar. A coordenação, supervisão e correção das provas também tiveram que ser ampliadas e aprimoradas. “Onde nós demos mais reforço foi na correção”, disse Mercadante.

O ministro afirmou que, para garantir a qualidade das correções, o monitoramento on-line está mais rigoroso. Os avaliadores, que passam por uma formação específica, examinarão de forma permanente e contínua o processo de correção. Mercadante disse também que a remuneração dos avaliadores, assim como a equipe dos mesmos, foram aumentadas.

As provas do Enem 2013 serão aplicadas em todo o Brasil nos dias 26 e 27 de outubro, sábado e domingo.

_

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas