‘Se Brasil não estiver pronto pra Copa, volto a nado da África’, disse Lula em 2010

Quatro anos atrás, bem antes da crise de gestão que mantém as deficiências de infraestrutura às vésperas da Copa do Mundo mais cara da História em meio a escândalos de corrupção, em entrevista ao portal Terra, o então presidente da República Luís Inácio Lula da Silva afirmava enfaticamente que o Brasil estaria preparado para realizar o megaevento.

“Agora as dúvidas já começaram com o Brasil. Já começaram as perguntas hoje: será que os aeroportos vão estar prontos? Será que vão ter corredores de ônibus? Os estádios estarão prontos? Posso dizer que em 2014 se seguirmos assim teremos a quinta melhor economia do mundo…Se o Brasil não estiver preparado (para receber a Copa) tenho que ir embora a nado da África”, dissera Lula num discurso contundente para empresários brasileiros e sul-africanos em 9 de julho, em Johannesburgo.

Lula comparara a desconfiança em relação ao Brasil à descrença na Africa do Sul, elogiando a organização sul-africana para o Mundial de 2010 e argumentando com a vitória do Rio de Janeiro sobre Madri, Chicago e Tóquio para sediar os Jogos Olímpicos de 2016 e que a imprensa não mostrava também o desenvolvimento brasileiro.

“Me perguntam se o Brasil vai ou não ganhar medalhas. Não importa se vamos ganhar medalha. A medalha pode ir para África do Sul, para Gana. O que queremos é fazer a melhor Copa do Mundo, depois da África do Sul, e a melhor Olimpíada da história”, dissera o então presidente Lula na ocasião.

 
Matérias Relacionadas