Qual medida tomaria para melhorar o bem-estar de seu povo se fosse prefeito?

Se fossem prefeitos, os entrevistados disseram que iriam se concentrar na criação de um ambiente seguro, prestação de cuidados com a saúde, e melhoramento da qualidade do ar, é o que os repórteres do Epoch Times de Chile à Grécia descobriram quando perguntaram aos locais:

Qual medida tomaria para melhorar o bem-estar de seu povo se fosse prefeito?

(Epoch Times)
Yarela Soto (Epoch Times)

Puerto Montt, Chile

Yarela Soto, 27, vendedora de brinquedos

Se eu fosse a prefeita de minha cidade, a primeira medida que eu tomaria seria colocar pessoas em cargos públicos administrativos que não seriam corruptos, aqueles que têm uma vocação cívica e valores morais para servir aos cidadãos de forma justa, e não promover a burocracia. Gostaria de criar fontes de empregos com salários decentes, de modo a não criar tanta desigualdade social. Eu iria lidar com a construção de creches, escolas, centros de pesquisa e educação para superar o subdesenvolvimento. Estas seriam algumas das medidas básicas que eu iria tomar.

Milagros Heredia (Epoch Times)
Milagros Heredia (Epoch Times)

Lima, Peru

Milagros Heredia, 42, promotora de vendas

A primeira coisa que faria seria criar uma cidade segura para prevenir a delinquência e atender rigorosos padrões de segurança. Eu abordaria a limpeza e ordem da cidade, não permitindo a presença de vendedores ambulantes que resultam em lixo por toda parte. Com o plantio de árvores e criação de vários parques, com a contratação de pessoal suficiente para limpar e dar palestras sobre ecologia para os cidadãos, desta forma, teríamos um ambiente limpo, ordenado e seguro.

(Epoch Times)
Augustin Aculai (Epoch Times)

Bucareste, Romênia

Augustin Aculai, 56, engenheiro

Gostaria de atribuir fundos para cuidados de saúde, é claro, dentro dos limites orçamentais. Esta seria a primeira medida de tudo.

Romanaskis Kostas (Epoch Times)
Romanakis Kostas (Epoch Times)

Atenas, Grécia

Romanakis Kostas, 31, dono de restaurante

Gostaria de tentar fazer a vida cotidiana das pessoas mais simples. Ou seja, proteger os espaços verdes para criar melhores condições para os pedestres, estacionamento, e serviços como limpeza. Todos por um futuro melhor.

Nell Merlino (Epoch Times)
Nell Merlino (Epoch Times)

Nova York, EUA

Nell Merlino, babá

Para mim, seria plantar milhares e milhares de árvores. Eu realmente tornaria os telhados brancos e plantaria árvores, e eu faria Nova York um jardim. Eu acho que se precisamos de qualidade do ar eu faria as coisas neste sentido. Onde quer que fosse eu colocaria árvores e plantas. Gostaria de tê-las por toda parte, porque eu acho que mudaria dramaticamente a qualidade do ar. Eu não sei o suficiente sobre a ciência por trás disso, mas tudo que li sobre essas coisas diz isso.

(Epoch Times)
César Bernucci (Epoch Times)

Bragança Paulista, Brasil

César Bernucci, 31, proprietário de loja

Gostaria de investir em saúde e educação. Depois investiria em eventos para a população, tais como festivais e recreação. Aqui na cidade nós precisamos ter mais bares e casas noturnas para os jovens.

(Epoch Times)
Francisca Nuñes Rojas (Epoch Times)

San Roque (Cádiz), Espanha

Francisca Nuñez Rojas, 40, atendente de loja

Gostaria de cortar despesas injustificadas e reduzir o número de funcionários oficiais na Prefeitura. Eu não acho que precisamos de tantos funcionários ali. Seria melhor se o prefeito e sua equipe dedicassem seu tempo a tomar medidas para ajudar os empresários, as pessoas que criam economia real, empregos reais, e dinheiro real. Também as autoridades devem ter muito cuidado com as despesas, para não gastar mais dinheiro do que é recomendado ou permitido.

(Epoch Times)
Malin Lundgren (Epoch Times)

Lund, Suécia

Malin, Lundgren, 26, professora escolar

Eu acho que a escola e a educação são muito importantes, e a sociedade precisa tanto de educação como de conhecimento. As crianças estão crescendo e se tornarão adultos algum dia, e as coisas mais importantes giram em torno da educação.

(Epoch Times)
Lourdes Claro Chavarro (Epoch Times)

Florencia, Colômbia

Lourdes Claros Chavarro, 53, gerente de vendas

Bem, há muito a fazer. Gostaria de treinar as pessoas a como criar postos de trabalho. Gostaria de me concentrar mais em questões de ensino de crescimento pessoal e assim melhorar a si mesmo em outros aspectos.

Procure a coluna da Pergunta Global toda semana. Correspondentes do Epoch Times entrevistam pessoas do todo o mundo para entender suas vidas saber das suas perspectivas sobre a realidade local e global.

 
Matérias Relacionadas