Puma de 90 quilos resgatado de um zoológico vive vida de luxo em apartamento russo

Por Louise Bevan

Ele não é seu animal de estimação habitual. Mas Messi, um puma de dois anos e meio, vive como um gato doméstico mimado com o casal Mariya e Aleksandr Dmitriev. Os três dividem um apartamento de um quarto em Penza, na Rússia, com o corredor convertido no cercadinho do puma. Mas não é uma tarefa fácil alojar esse animal de estimação incomum, já que o puma alcançou impressionantes 90 libras (aproximadamente 41 kg) desde que foi adotado.

Epoch Times Photo
Mariya e Aleksandr encontraram Messi filhote e doente no zoológico de Saransk, em Penza, no início de 2017. Ele tinha 8 meses e sofria de problemas de saúde desde que havia sido comprado pelo zoológico cinco meses antes. Messi foi um dos três filhotes nascidos juntos em cativeiro: o zoológico de Saransk nomeou todos os três filhotes em homenagem a jogadores de futebol famosos para comemorar sua cidade que sediou quatro partidas da Copa do Mundo.

Epoch Times Photo
O jovem casal foi atraído pelo puma e ficou muito preocupado em saber de sua saúde debilitada. Eles se aproximaram da equipe do zoológico e perguntaram se poderiam comprar Messi e levá-lo para casa. Para sua maior surpresa, o zoológico disse que sim. “Ele sempre pensou em ter um lince – nunca um puma”, disse Mariya sobre o amor do marido por grandes felinos. “É difícil de explicar, mas acreditamos que ter esse puma faz parte do nosso destino”.

Epoch Times Photo

O casal não tem conhecimento das implicações morais de sua escolha para manter Messi em sua casa. Os ativistas dos direitos dos animais também fizeram objeções audíveis e acreditam que Messi deveria estar vivendo em uma reserva de vida selvagem. Outros estão mais preocupados com a segurança do casal.

Em conversa com o The Mirror, Mariya se abriu: “Tivemos três dias de reflexão sobre se era moral manter um puma”, ela admitiu, “mas nada poderia combater nosso desejo repentino… fomos ao zoológico e começamos as negociações para comprar. Messi”.

Epoch Times Photo
Quando Messi chegou em casa, ficou óbvia a quantidade de cuidado e atenção ele precisaria. Ele ainda estava fraco e precisava de cuidados médicos, para não mencionar exercícios regulares e um programa especializado em refeições. Mas Mariya e Aleksandr dedicaram amor e diligência no bem-estar de seu novo companheiro e cuidaram do filhote de forma a recuperar sua saúde. Ainda assim, devido ao seu histórico de problemas de saúde em cativeiro, ele ainda tem apenas dois terços do tamanho de um puma na natureza.

Epoch Times Photo
“É muito perigoso ter um gato tão grande em casa”, expressou Mariya, no que muitos podem pensar como um enorme eufemismo! Mas o jovem casal fez provisões para sua própria segurança e a segurança de outras pessoas, incluindo a compra de um casaco e coleira personalizados para caminhadas longas e seguras ao ar livre. “Ele é como um cachorro”, revelou Aleksandr, em conversa com a RT. “O animal não tinha estado muito ativo antes … Agora andamos muito, duas vezes por dia, como deveria estar. Não difere muito de possuir um cachorro nesse sentido”. O apartamento do casal também abriga uma árvore de escalada, paredes de bambu e um buraco escondido do tamanho de um puma.

Epoch Times Photo
E acontece que Messi é uma espécie de gigante gentil. Seus donos conscientes tentaram encontrar um treinador de animais selvagens para ajudá-los a garantir que o comportamento de Messi permanecesse administrável, mas eles não tiveram sorte: o treinamento de cães parecia ser a próxima melhor aposta. Eles participaram do treinamento, diligentemente, e Messi agora responde a mais de 10 comandos diferentes.

Epoch Times Photo
Aleksandr está encantado com o fato de a fé dele e de sua esposa em Messi ter valido a pena. “Ele nos convenceu com seu comportamento de que ele é um membro pleno da nossa família”, disse ele com orgulho, “e que ele não faria nada de errado além de pequenas coisas impertinentes. Ele é muito gentil e gosta de contato. Ele se dá muito bem com as pessoas”.

A família incomum mantém uma conta popular no Instagram, onde documenta a extraordinária vida diária do crescente puma Messi em sua humilde casa russa. “Ele é apenas um gato comum”, observou Aleksandr. “Ele tem todos os hábitos de um gato.”

Epoch Times Photo

Como Messi nunca viveu fora do cativeiro, o casal acredita que ele é mais feliz e mais seguro exatamente onde ele está. “Messi é um animal especial”, disse Mariya, com amor.

Assista a algumas imagens extraordinárias deste gigante gentil brincando alegremente com sua família no vídeo abaixo!

Photo courtesy of l_am_puma ( Instagram | YouTube )

 
Matérias Relacionadas