Próteses mamárias podem prejudicar o diagnóstico médico

Próteses mamárias podem opacizar imagens mamográficas, impedindo o diagnóstico precoce do câncer da mama

Pesquisadores afirmaram que mulheres que realizaram implantes de mama terão maior risco de serem vítimas de câncer de mama.

Num estudo, publicado no Jornal Médico Britânico, cientistas examinaram os potenciais riscos a saúde associados com as cirurgias plásticas. Especialmente, implantes podem aumentar o diagnóstico de câncer de mama em mulheres, segundo a agência de notícias AFP.

Uma equipe canadense de epidemiologistas analisou 12 estudos anteriores sobre mulheres com implantes mamários e descobriu que mulheres que se submeteram ao procedimento tinham 26% mais chance de serem diagnosticadas com estágio avançado de câncer.

Eles argumentaram que a causa provável foi que as próteses mamárias criariam sombras nas mamografias e obstruiriam a visão e o diagnóstico.

“A pesquisa publicada sugere que o aumento estético da mama afeta negativamente a sobrevivência das mulheres que são posteriormente diagnosticadas com câncer de mama”, diz um resumo do estudo no website do periódico britânico.

E acrescenta: “Estes resultados devem ser interpretados com cautela, já que alguns estudos incluídos na meta-análise de sobrevivência não foram ajustados para fatores que possam interferir. São necessárias mais investigações sobre o diagnóstico e o prognóstico do câncer de mama entre mulheres com implantes de mama.”

Citando o estudo, a mídia The Guardian informou que os implantes salinos e de silicone causam sombras radiopacas (que tornam opacas as imagens do raio x), o que significa que por causa dos implantes o tecido mamário fica opaco e pouco visível em mamografias.

A Associação Britânica de Cirurgiões Plásticos Estéticos emitiu uma declaração com tom de advertência.

“Como os próprios autores concluem, os resultados desta análise estatística de trabalhos publicados anteriormente devem ser tratados com cautela”, disse a associação, segundo o The Independent.

E acrescentou: “O estudo só demonstra uma associação de reduzida taxa de sobrevivência de câncer de mama não-localizado (avançado) em mulheres com implantes mamários, em vez de uma causa. Os autores também citam vários trabalhos que mostram não haver associação entre os implantes mamários e um aumento no câncer de mama.”

Leia também: A mamografia em cheque

———-

Jack Phillips, Epoch Times

 
Matérias Relacionadas