Primeira missão europeia decola para decifrar segredos de Mercúrio

Agora começa uma jornada de sete anos e dois meses até que o satélite seja colocado na órbita de Mercúrio

Por Agência EFE

A BepiColombo, a primeira missão espacial europeia a Mercúrio, decolou na sexta-feira, com sucesso, rumo ao menor e mais próximo planeta do Sol do nosso Sistema Solar em uma tentativa por decifrar seus vários segredos.

O módulo de transferência e as duas sondas orbitais, um desenvolvido pela Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Japonesa de Exploração Aerospacial (JAXA), responsáveis pelo projeto, partiram do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa.

A decolagem a bordo de um foguete Ariane 5 respeitou o cronograma previsto e a fase de lançamento foi concluída 26min47 depois.

Agora começa uma jornada de sete anos e dois meses até que o satélite seja colocado na órbita de Mercúrio, onde suas operações científicas começarão em março de 2026 e serão desenvolvidas durante um ano, prorrogável por mais um.

O trabalho conjunto das duas sondas estudará a origem e evolução do planeta, sua composição, exosfera e magnetosfera, e complementará o que já foi realizado pelas duas únicas naves que o visitaram até o momento.

A Mariner 10 o sobrevoou e ofereceu as suas primeiras fotos tiradas entre 1974 e 1975, e Messenger, também americana, o sobrevoou em 2008 e 2009 e foi a primeira a orbitá-lo, entre 2011 e 2015.

 
Matérias Relacionadas