Pesquisas apontam o que determina o sucesso ou o fracasso das dietas

Quer perder algumas células de gordura? Sem chance. Você vai continuar com o número de células de gordura que adquiriu até aproximadamente seus 20 anos, descobriu um novo estudo. Pesquisadores já sabiam que as pessoas ganham e perdem peso, ao menos em parte, mudando a quantidade de gordura dentro de suas células de gordura. A nova descoberta é particularmente importante para pessoas obesas que possuem, segundo os pesquisadores, o dobro de células de gordura que as pessoas magras. A descoberta também sugere que a obesidade na idade adulta é, ao menos parcialmente, determinada pela dieta e exercícios na época da infância.

Estudo estranho

Para determinar a idade das células gordurosas em 35 voluntários, os pesquisadores focaram em um marcador encontrado nas células de gordura — carbono radioativo de testes nucleares das décadas de 1950 e 60. É um raro tipo de carbono, porém natural, chamado carbono 14, que foi produzido durante os testes. Bruce Buchholz, químico do Lawrence Livermore National Laboratory, nos EUA, explicou como sua equipe utilizou o marcador para fazer sua descoberta.

Nossos corpos incorporam o carbono 14 da comida que ingerimos juntamente com os vastamente mais abundantes outros tipos de carbonos (12 e 13). Como o carbono 14 dos testes diminui com o tempo, a quantidade de carbono 14 que a célula absorve é como um carimbo com a “data de fabricação” de quando a célula se formou, disse Bruce.

Os pesquisadores sabiam que estas células estavam morrendo e sendo substituídas ao longo do tempo, pois pessoas nascidas antes dos testes nucleares tinham células que foram criadas depois dos testes. Os cientistas também descobriram que cerca de 10% das células de gordura foram substituídas a cada ano, fosse o voluntário obeso ou não.

Apesar desta taxa de substituição, outro aspecto do estudo com uma amostragem de pessoas maior, mostrou que o número total de células de gordura por pessoa permaneceu relativamente constante ao longo do tempo. Mesmo com estratégias de perda de peso extremas como cirurgia bariátrica não reduziu o número de células de gordura nos voluntários.

A-há!

O número firmemente regulado de células de gordura na idade adulta pode explicar por que parece fácil ganhar o peso que foi perdido, disse Bruce. Se você já possui mais células de gordura criadas na adolescência do que outras pessoas, “é mais difícil tornar-se magro”, disse Bruce.

O estudo levantou um novo mistério: Algo diz ao corpo para criar uma nova célula de gordura assim que outra morre. No futuro, se os cientistas puderem interferir neste processo, pode ser que eles consigam reduzir o número de células de gordura em adultos, ele disse.

As descobertas, detalhadas na edição online da revista científica Nature, sugerem que o foco para controlar a obesidade deve ocorrer na infância. Se o número de células de gordura é limitado aos 20 anos de idade seria uma abordagem inteligente prevenir sua formação nas crianças. A prevenção contra a obesidade nos primeiros anos podem ter um impacto que dura a vida toda. [livescience]

Esse conteúdo foi originalmente publicado no site Hype Science

 
Matérias Relacionadas