Paralítica por 12 anos, mulher consegue andar de novo em três dias! Descubra como!

Ela dependia do esposo e dos filhos para tudo, mas seu destino mudou inesperadamente

Por  Daksha Devnani, Epoch Times

Esta é a história fascinante de uma mulher vietnamita, Nguyen Thi Lanh, da cidade de Ho Chi Minh. Ela esteve paralisada numa cama por 12 longos anos e viveu uma vida sombria e cheia de sofrimento. Mas, um dia, um milagre bateu à sua porta e mudou seu destino para sempre! Hoje, a qualquer momento, ela é capaz de se levantar surpreendendo seus familiares. Qual é o segredo por trás desse milagre?

Minha vida dentro de uma gaiola

Após ter estado desapontada com muitos abortos, há 17 anos atrás, eu finalmente consegui conceber gêmeos. Desde que eles entraram em nossas vidas, eu tive imensa alegria. Mas, devido à minha saúde precária, eu ficava em casa com os bebês para mantê-los saudáveis. Este foi um bom período de tempo, pois fiquei muito feliz por ser mãe e era financeiramente estável.

Foto de Nguyen Thi Lanh quando jovem e antes de adoecer (DNK.tv)
Foto de Nguyen Thi Lanh quando jovem e antes de adoecer (DNK.tv)

Mas minha situação teve uma mudança fatídica. É verdade que, às vezes, a felicidade dura pouco. Lentamente, minha saúde começou a se deteriorar e eu fiquei muito fraca. Quando meus filhos ainda estavam no primeiro ano, eu fiquei completamente paralisada e nunca mais consegui andar novamente.

Desde então, meus filhos e meu esposo começaram a me ajudar em todas as minhas atividades pessoais. A fim de encontrar uma cura para pôr fim ao meu sofrimento, comecei a tentar encontrar um método de cura adequado. Eu visitei alguns médicos de renome que me submeteram a diferentes tratamentos.

Um médico ortopédico alemão disse que eu tinha depressão física e me deu um tônico, mas isso só fez com que eu me sentisse pior. Outro médico sugeriu que eu fizesse uma cirurgia, mas decidi não ser operada. Eu tentei buscar uma cura na medicina ocidental e oriental, mas nada ajudou. Então, voltei para o meu quarto e senti que ali era minha sentença de prisão.

Numa ocasião, lembro-me claramente, eu estava a caminho da província de Phu Yen. Eu tinha uma visão clara do mar da janela do meu carro. O mar estava lindo, mas também me ocorreu que eu não saía há muito tempo. Eu estava sufocada pela emoção e me senti muito triste por minha doença não ter sido aliviada ainda que eu tivesse gastado uma fortuna.

Seus filhos gêmeos ainda crianças ( DKN.tv)
Os  filhos gêmeos de Nguyen Thi Lanh ainda crianças (DKN.tv)

Neste momento também fui apresentada a um famoso médico que havia prometido me curar. Inicialmente, me senti um pouco melhor, mas no segundo mês eu estava realmente exausta. Por 12 anos, procurei cura médica de vários profissionais e tomei muitos medicamentos, mas tudo foi em vão. Parecia que não havia saída para essa vida confinada e aprisionada que o destino arranjou para mim. Eu era dependente do meu esposo e dos meus filhos.

O verdadeiro amor é sagrado

Minha condição só parecia se deteriorar. Eu não podia mais comer. Minha família estava pronta e preparada para os meus últimos dias. Mas meu esposo e meus filhos insistiram que eu vivesse até que meus filhos terminassem seus exames. Vizinhos e amigos me disseram para tentar viver até meus filhos completarem 15 anos. Pensei em quanto meu esposo me amava. Ele era órfão desde os 5 anos e eu não queria que meus filhos enfrentassem o mesmo destino.

Numa ocasião, achei que o dia da libertação finalmente havia chegado. Eu estava feliz que eu estaria livre. Também me fez pensar em como isso ajudaria meu esposo e meus filhos. Eles não teriam que se sentar ao meu lado em todos os momentos.

"No terceiro dia eu me levantei! Depois de 12 anos, quando já estava completamente desesperada, eu consegui me levantar com minhas próprias pernas ... "(DKN.tv)
“No terceiro dia eu me levantei! Depois de 12 anos, quando já estava completamente desesperada, eu consegui me levantar com minhas próprias pernas…” (DKN.tv)

Previamente, eu também pedi ao meu esposo que me deixasse ir. Em vez disso, ele me explicou que o amor dele por mim era como uma corda que poderia me manter viva e permitir-me ver meus filhos crescerem. Eu lamentei profundamente que meus filhos não tivessem uma mãe para cuidar deles desde os 5 anos de idade. Mas ao invés disso, eles cuidaram de mim desde a infância. Os gêmeos compartilhavam todas as tarefas domésticas. Desde a limpeza da casa até os cuidados comigo. Embora minha filha fosse mais nova que meu filho, ela trabalhava muito duro. Meu filho muitas vezes dizia para ela ir cuidar de mim.

Nguyen Thi Lanh lê o livro "Zhuan Falun" (DKN.tv)
Nguyen Thi Lanh lê o livro “Zhuan Falun” (DKN.tv)

Durante esse período, tínhamos economias suficientes que só poderiam nos ajudar por um período de quatro anos. Então, eventualmente, nos tornamos pobres. Olhando para minha condição, meu irmão mais velho queria ajudar e pensou em levar eu e as crianças de volta para Tien Giang. Mas meu esposo estava determinado a cuidar de mim. Eu tive muita sorte de ter meu esposo ao meu lado durante esse período de tempo.

No intuito de cuidar de mim, meu esposo deixou seu emprego anterior e se tornou um segurança. Ele trabalhava em turnos para conseguir cuidar de mim. Em meio a tudo isso, eu pensava em como eu, uma engenheira agrônoma, estaria destinada a ter um fim miserável. Eu também vi meus filhos terem de requerer ajuda para redução da pobreza e me senti culpada.

Os dois filhos de Lanh também leem regularmente o livro "Zhuan Falun" do Falun Dafa. Depois de testemunhar o poder transformador do Falun Dafa, eles também começaram a cultivar diligentemente (DKN.tv)
Os dois filhos de Lanh também leem regularmente o livro “Zhuan Falun” do Falun Dafa. Depois de testemunhar o poder transformador do Falun Dafa, eles também começaram a cultivar diligentemente (DKN.tv)

A cada dia que passava, eu me sentia infeliz olhando meus filhos crescerem sem o apoio da própria mãe. E, ainda por cima, me sentia cada vez mais impotente por vê-los atrelados a esse imenso sofrimento.

Milagres acontecem

Um dia, minha prima da cidade de Can Tho me ligou. Ela disse que alguém a apresentou a uma prática maravilhosa que poderia ajudar a me curar, e perguntou se eu gostaria de tentar. Eu me agarrei a esta notícia como se fosse minha última esperança. Depois de alguns dias, alguém nos deu o livro “Zhuan Falun”. Minha filha o leu para mim. E então um milagre inesperado ocorreu. Dentro de três dias, eu consegui me levantar de novo e sozinha.

Eu estava tão feliz que agora podia sentir meus pés. Senti-me imensamente grata por alguém estar cuidando de mim e nunca perdi a esperança de que um dia eu pudesse ser salva. Eu então comecei a ler e praticar o Falun Dafa regularmente. Eu gradualmente comecei a andar pela casa e cuidar de mim mesma. Agora, eu também podia ir ao banheiro sozinha e passar roupa para os meus filhos. Finalmente, eu podia compensar minha família por toda a dedicação durante os últimos 12 anos.

Além disso, gostaria de mencionar um incidente interessante. Desde os dias em que fui assistir à série de palestras em vídeo do Falun Dafa, eu não tinha roupas formais na época, então, peguei emprestado um terno de um dos colegas praticantes. No primeiro dia, todos me cumprimentaram e disseram que se encaixava perfeitamente. Mas, no segundo dia, descobri que o traje ficou muito mais apertado. No terceiro dia da série de palestras de nove dias, eu já não podia usar o terno. De repente, eu ganhei peso, todos ao meu redor riam e se perguntavam como eu havia ganhado alguns quilogramas em algumas horas.

Os dois filhos de Lanh praticam o quinto exercício do Falun Gong (DKN.tv)
Os dois filhos de Lanh praticam um dos exercícios do Falun Gong (DKN.tv)

Embora eu não possa andar como as pessoas normais, ainda estou muito feliz de conseguir andar por aí e sentir a luz do sol e respirar o ar fresco. Eu também tenho sido capaz de entender os princípios da Verdade, Compaixão e Tolerância. Por meio da leitura do livro, consegui reduzir minha raiva.

Sincera gratidão e respeito aos entes queridos e amigos

Agradeço ao destino por me dar o amor do meu esposo, apesar de todas as dificuldades. Eu também tenho imensa gratidão aos meus filhos que me deram a energia para viver. Agora, toda a nossa família pratica o Falun Dafa. Eles cresceram mais rápido e são felizes. Eles viram a luz após os dias sombrios e miseráveis de sofrimento.

Minha vida transformou-se esplendidamente e eu realmente encontrei uma oportunidade para aprender o significado da vida e a felicidade da harmonia.

Nota do editor:

Falun Dafa é uma prática de cultivo da mente e do corpo que ensina a Verdade, a Compaixão e a Tolerância como uma forma de melhorar a saúde e o caráter moral e alcançar a sabedoria espiritual.

Para mais informações sobre a prática, visite FalunDafa.org. Todos os livros, música de exercícios, recursos e instruções estão disponíveis gratuitamente.

 
Matérias Relacionadas