Palau, um paraíso em meio ao mar

A República de Palau é um lugar encantador. Com apenas 460 km2 de ilhas, Palau reserva ao visitante uma beleza impressionante.

Localização de Palau no mapa.
Localização de Palau no mapa (Internet)

Palau, um conjunto de 250 pequenas ilhas no Oceano Pacífico, têm uma população de 20 mil habitantes. O idioma oficial é o inglês, no entanto, a população local fala também o palauano, a língua nativa.

Rock Islands.
Rock Islands (Internet)

Rock Islands, talvez a maior atração turística de Palau, é um conjunto de ilhotas compostas de rocha calcária de corais, sobre as quais cresceu uma densa vegetação, transformando o local numa paisagem bem peculiar. Águas azuis e ao mesmo tempo translúcidas dão um toque especial de beleza às Rock Islands.

Vista parcial das Rock Islands, um pequeno arquipélago de cerca de 200 ilhas.
Vista parcial das Rock Islands, um pequeno arquipélago de cerca de 200 pequenas ilhas (Internet)

Para conhecer de perto as Rock Islands pode-se alugar barcos ou caiaques via operadoras de turismo.

Paisagens de tirar o fôlego.
Paisagens de tirar o fôlego (Internet)

A temperatura média oscila em torno dos 27°C e de junho a outubro são os meses mais chuvosos, embora haja chuvas durante o ano todo.

Restos de um naufrágio da Segunda Guerra Mundial.
Restos de um naufrágio da Segunda Guerra Mundial (Crédito: site viagem & mergulho)

Palau, com certeza, está entre os melhores lugares do mundo para se mergulhar, possui uma vida marinha abundante e diversificada: imensos cardumes de barracudas e xaréus, peixes napoleão, muitos tubarões galha-branca, ostras gigantes, raias-manta, incríveis arrecifes e formações de corais, grutas submarinas, naufrágios…

Alguns de seus locais são para mergulhadores mais experientes, pois água do mar tem fortes correntezas. A visibilidade não é extraordinária, cerca de 20 a 50 metros.

Avião abatido na Segunda Guerra Mundial.
Avião abatido na Segunda Guerra Mundial (Crédito: site viagem & mergulho)

Devido à sua localização geográfica estratégica no Pacífico, Palau foi palco de batalhas, principalmente entre Japão e EUA. Palau é um verdadeiro museu a céu aberto sobre a Segunda Guerra Mundial, com tanques de guerra e casamatas abandonados em meio à vegetação intocada. Um contraste entre a destrutividade da natureza humana e a bondade da Mãe-Natureza.

Vida marinha rica.
Vida marinha rica (Crédito: site viagem & mergulho)
Jellyfish Lake nas Rock Islands e suas águas repletas de águas-vivas. Lagoas marinhas de águas calmas e pristinas.
Jellyfish Lake nas Rock Islands e suas águas repletas de águas-vivas. Lagoas marinhas de águas calmas e pristinas (LuxTonnerre/ CC BY 2.0)

Jellyfish Lake é um lago de água salgada e habitat para milhões de águas-vivas. O mais interessante é que são águas-vivas que não possuem células urticantes, o que permite mergulhar entre elas sem se preocupar com queimaduras.

Águas-vivas do Jellyfish Lake nas Rock Islands.
Águas-vivas do Jellyfish Lake nas Rock Islands (Internet)
Milky Way nas Rock Islands.
Milky Way nas Rock Islands (LuxTonnerre/ CC BY 2.0)

Milk Way é outro passeio interessante. No lugar há um leito marinho de lama branca e de alto teor de enxofre. Algumas pessoas acreditam que essa lama faz bem para a pele e passam-na no corpo todo.

Pessoas mergulhando no Milk Way nas Rock Islands.
Pessoas mergulhando no Milk Way nas Rock Islands (Internet)
Cachoeira Ngerdmau.
Cachoeira Ngerdmau (CC BY 3.0)

A Cachoeira Ngerdmau fica na maior das ilhas de Palau, Babeldaob, onde fica também a sua capital. O caminho para se chegar até a cachoeira é longo, cerca de 40 minutos andando a partir da estrada, mas vale a pena. A cachoeira é belíssima.

Há vários locais para hospedagem e resorts no local, que oferecem toda a comodidade ao turista e para todo tipo de bolso.
Há várias opções de hospedagem, que oferecem toda a comodidade ao turista e para todo tipo de bolso (Internet)

Os habitantes de Palau são peritos construtores de canoas. O artesanato nativo é visto nas lojas e nos objetos da vida cotidiana do país. A dança é uma das expressões típicas tradicionais, aliás, quanto à música, ela conta com poucos instrumentos musicais: destacam-se a flauta e o búzio marinho.

Um paraíso tropical cheio de belezas naturais, Palau vive do turismo. Além do turismo, a exportação de coco e a pesca são outra fonte de renda complementar para seus 20 mil habitantes.

Pequenas praias paradisíacas.
Pequenas praias paradisíacas (Internet)

Além dos mostrados, existem vários outros lugares para se conhecer em Palau; há praias paradisíacas para se caminhar e contemplar.

Palau é um lugar especial, lindas fotos são uma garantia. É um dos lugares do mundo que merece ser conhecido.

 
Matérias Relacionadas