O que 2022 nos reserva de acordo com as profecias de Baba Vanga

2022 é marcado por 5 profecias que a vidente realizou antes de falecer

Por Celeste Armenta

A vidente cega conhecida como Baba Vanga, ou a “Nostradamus dos Balcãs”, realizou uma série de previsões que se tornaram realidade ao longo dos anos. Em particular, este 2022 é marcado por 5 profecias que a mulher realizou antes de falecer.

Vangelia Pandeva Dimitrova, mais conhecida como Baba Vanga, é uma forte referência no mundo das profecias, ao lado de personagens como o francês Nostradamus ou o argentino Benjamín Solari Parravicini.

Nascida em 31 de janeiro de 1911 em Strumica, na República da Macedônia, era um bebê prematuro que apresentava complicações de saúde. De acordo com a tradição local, não recebeu um nome até que se considerasse provável que sobreviveria. Ela cresceu como uma garota normal, com olhos castanhos e cabelos loiros.

Um evento mudou sua vida quando ela ainda era uma criança. Um tornado a ergueu no ar e a jogou em um campo próximo, onde ela foi encontrada após uma longa busca. De acordo com o site da People Pill, testemunhas do evento a descreveram como “muito assustada, e seus olhos estavam cobertos de areia e poeira”, que ela não conseguia abrir por causa da dor. Gradualmente, Vangelia perdeu a visão.

A partir daí, ela começou a ter visões e a ouvir vozes que lhe diziam o que aconteceria no futuro. Embora ela tenha aprendido apenas a ler um pouco em braille, a vidente nunca deixou nada por escrito. No entanto, devido à correção de algumas de suas previsões – que algumas pessoas próximas a ela escreveriam –  continua sendo uma fonte a cada ano que se aproxima.

O que esperar de 2022 segundo Baba Vanga

A famosa vidente deixou entre suas previsões vários eventos dos quais, de fato, podem ser referenciados a eventos já registrados.

Desastres naturais

Em 2004, a vidente previu com sucesso o devastador tsunami do Oceano Índico. Neste 2022, ela disse que vários países asiáticos e a Austrália serão afetados por enormes inundações, que causarão centenas de mortes, segundo dados da mídia russa 5ua.

Moradores de um campo para deslocados banham-se em um rio no dia 26 de janeiro de 2005 na cidade de Meulaboh, na Indonésia, devastada pelo tsunami (Spencer Platt / Getty Images)
Moradores de um campo para deslocados banham-se em um rio no dia 26 de janeiro de 2005 na cidade de Meulaboh, na Indonésia, devastada pelo tsunami (Spencer Platt / Getty Images)

Novo vírus

Embora 2020 e 2021 tenham sido marcados pela pandemia do vírus PCC, que Vanga previu como uma gripe, 2022 está marcado por um vírus igualmente mortal. De acordo com essa profecia, uma equipe de pesquisadores encontrará um vírus mortal na Sibéria que até agora permanecia congelado.

Na verdade, em 2014, a revista Nature publicou em sua edição de setembro sobre um vírus antigo que voltou à vida após permanecer no permafrost (solo congelado) da Sibéria por 30.000 anos.

“Algumas partículas virais que ainda são infecciosas podem ser suficientes, na presença de um hospedeiro vulnerável, para reviver vírus potencialmente patogênicos”, explicou o pesquisador-chefe Jean-Michel Claverie.

Falta de água potável

Talvez para muitos habitantes das grandes cidades esta seja uma realidade palpável. No entanto, Baba Vanga marcou este ano como aquele em que a poluição dos rios agravará a escassez do líquido vital.

De acordo com uma pesquisa do Science Daily, publicada em 2020, dois bilhões de pessoas, ou seja, um quarto da população humana, não têm mais acesso à água potável.

Praga de gafanhotos

Esta previsão de Vanga está relacionada à Índia. A vidente previu seca no país e temperaturas de até 50° Celsius. Isso causará uma praga de gafanhotos que atacará as plantações e causará uma grande fome no país asiático.

Enxames agressivos desses insetos comedores de plantações atingiram grandes áreas da Índia e do Paquistão em 2020, de acordo com DW, enquanto a população ainda lutava para lidar com a COVID-19.

O Sul da Ásia está sofrendo de sua pior infestação em décadas, com a infestação de gafanhotos devastando terras agrícolas em países vizinhos nas últimas semanas (PRAKASH MATHEMA / AFP via Getty Images)
O Sul da Ásia está sofrendo de sua pior infestação em décadas, com a infestação de gafanhotos devastando terras agrícolas em países vizinhos nas últimas semanas (PRAKASH MATHEMA / AFP via Getty Images)

Domínio da realidade virtual

A chegada do vírus do PCC fez com que milhões de pessoas e crianças ficassem em frente a uma tela várias horas por dia. De acordo com Vanga, isso poderia dar um passo adiante em 2022. Muitas pessoas poderiam chegar ao ponto de confundir os limites que separam a realidade da realidade virtual.

Em outubro de 2021, Mark Zuckerberg anunciou o Metaverso, um ponto de encontro entre indivíduos no universo digital, algo que até agora só era visto em filmes de ficção científica.

Os participantes usam equipamentos de realidade virtual para experimentar o táxi aéreo da Hyundai e Uber, S-AI, na CES 2020 no Centro de Convenções de Las Vegas, no dia 8 de janeiro de 2020, em Las Vegas, Nevada (Mario Tama / Getty Images)
Os participantes usam equipamentos de realidade virtual para experimentar o táxi aéreo da Hyundai e Uber, S-AI, na CES 2020 no Centro de Convenções de Las Vegas, no dia 8 de janeiro de 2020, em Las Vegas, Nevada (Mario Tama / Getty Images)

Vários pesquisadores estudaram o “fenômeno de Baba Vanga”, tentando estabelecer se ela realmente tinha habilidades extraordinárias. Um dos primeiros a iniciar um estudo sobre a famosa vidente foi o governo búlgaro, descrito no filme Fenômenos de 1977, dirigido por Nevena Tosheva, segundo a People Pill.

Outros que se concentraram em investigá-la foram os psiquiatras búlgaros, Nicola Shipkovensky e Georgi Lozanov. Alguns dos estudos concluíram que cerca de 80% das previsões da clarividente falecida em 1996 se mostraram corretas, de acordo com Jeffrey Mishlove, ex-diretor da Association for Humanistic Psychology e presidente da Intuition Network.

A profecia da invasão da paz que virá ao mundo foi uma das últimas visões de Parravicini

Profecias como as de Baba Vanga abalaram a humanidade nos últimos séculos por suas previsões sobre desastres para este mundo. Mas nem todas as previsões são catastróficas; felizmente, algumas trazem um ar de paz e esperança.

Várias das previsões do famoso pintor e vidente argentino, Benjamín Solari Parravicini, foram verificadas durante o século passado e posteriormente. Por exemplo, o terremoto e o desastre nuclear no Japão.

No entanto, é provável que algumas delas não sejam tão óbvias que estejam acontecendo agora ou tenham acontecido sem serem detectadas.

Entre as espantosas psicografias que o profeta argentino desenhou em seus últimos anos de vida, anuncia a chegada dos “amarelos que se espalham pelo mundo numa invasão de paz”.

Amarelos! – Amarelos no mundo na invasão da paz – Amarelos na lição de compreensão – amarelos nas relações científicas – amarelos, nas determinações e mandatos obedientes – então, amarelos no Grito e quando o Grito for: Amarelos ensinarão OM e … na América será e será!
— BENJAMÍN SOLARI PARRAVICINI

No desenho de Parravicini correspondente aos “amarelos” é representado um homem com feições chinesas indicando algo com as mãos ou fazendo um movimento semelhante a um exercício.

Um jovem da comunidade chinesa em Prato, na Itália, chamado Wu, declarou ao Epoch Times que aqueles que caminham pelo mundo em uma “invasão da paz”, com a cor amarela como insígnia, seriam praticantes do “Falun Dafa” ou “Falun Gong”, como também é conhecido.

A meditação em 18 de julho na Cidade do México pede o fim de 21 anos de perseguição ao Falun Dafa (Cortesia Falun Dafa México)
A meditação em 18 de julho na Cidade do México pede o fim de 21 anos de perseguição ao Falun Dafa (Cortesia Falun Dafa México)

Wu explicou que Falun Dafa é a disciplina de qigong mais popular na China e era praticada por cerca de 100 milhões de pessoas antes de uma feroz perseguição ter começado pelo regime comunista chinês em 1999.

A partir de 1999, a prática não poderia mais ser feita livremente na China, mas muitos chineses no exterior a estão espalhando ao redor do mundo junto com os princípios de “Verdade, Compaixão e Tolerância”, que abrangem seus ensinamentos.

Os praticantes do Falun Dafa realizam seus exercícios em um ato ao 20º aniversário da perseguição ao Falun Dafa na China, no gramado oeste do Capitólio, no dia 18 de julho de 2019 (Mark Zhou / Epoch Times)
Os praticantes do Falun Dafa realizam seus exercícios em um ato ao 20º aniversário da perseguição ao Falun Dafa na China, no gramado oeste do Capitólio, no dia 18 de julho de 2019 (Mark Zhou / Epoch Times)

Atualmente, eles são vistos fazendo seus exercícios e meditando em parques por todo o mundo, quase sempre com bandeira ou camisa amarela.

Essa identificação com o amarelo ganhou uma força especial após o início da perseguição. Os praticantes começaram a ir um após o outro à icônica Praça Tiananmen com pequenas bandeiras amarelas escritas com os caracteres “Verdade, Compaixão e Tolerância” ou “Falun Dafa é bom”, pedindo o fim da perseguição.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas