Os nove superalimentos mais nutritivos

Perca peso! Aumente a sua imunidade! Melhore a sua vida amorosa! Se houvesse uma droga farmacêutica que acumulasse todos esses três poderes, haveria uma corrida para a farmácia, mas, por enquanto, não existe tal pílula. Meu conselho? Construa a sua própria estratégia alimentar que desenvolve o poder, o valor nutricional e uma série de benefícios em cada refeição. Por onde começar? Basta anotar a lista dos “Super 9” – os nove superalimentos nutricionalmente mais valiosos que você pode comprar.

O que os torna super? Poucas calorias, baixo teor de açúcar e sal, além de fibras solúveis, nutrientes e fitoquímicos que aumentam a saúde. Ainda melhor – você não precisa ter nem uma gota de culpa se exceder no consumo! Se você estiver interessado em parecer maravilhoso, se sentindo ótimo, e pesando menos, a verdadeira “pílula mágica” pode ser encontrada no corredor dos produtos orgânicos e no balcão de frutos do mar.

1. Verduras

O que é mais surpreendente sobre as verduras é que caloria por caloria, elas entregam mais nutrientes do que qualquer outro alimento no planeta. Carregadas com fibras, vitaminas, minerais e fitoquímicos, as verduras abastecem o seu corpo com a artilharia necessária para combater os potenciais assassinos, como doenças cardíacas e câncer. Simplificando: as folhagens beneficiam praticamente todas as células que você tem!

Minhas verduras favoritas são couve, espinafre, acelga, mostarda e dente-de-leão, porque todos são nutritivos e deliciosos. Você pode jogá-los em praticamente qualquer coisa para melhorar a nutrição, mas não se esqueça de dar-lhes uma boa lavada primeiro. Crus ou cozidos, sozinhos ou adicionados aos smoothies, omeletes e molhos, as folhas acrescentam doses saudáveis de vitaminas A, C, K, ácido fólico, potássio, e cálcio a cada refeição.

2. Vegetais crucíferos

Quer reduzir o risco de câncer? Coloque os crucíferos em sua lista, ou seja, brócolis, couve de Bruxelas, couve-flor, repolho, couve e couve chinesa. A investigação sugere que os vegetais crucíferos têm a capacidade de inibir o crescimento de certos tipos de células cancerosas e mesmo impedir os outros através da redução da produção de radicais livres.

Como colocar mais vegetais crucíferos em sua dieta? Não espere até o jantar, comece o dia com elas – no início do seu dia, a primeira coisa a colocar ​​no seu prato são nutrientes mais saudáveis.

3. Abacate

Não tenha medo de um abacate, só por achar que ele engorda! O abacate, frequentemente negligenciado, é um delicioso e cremoso superalimento que é simplesmente saudável demais para ser ignorado. A miríade de gorduras saudáveis ​​e nutrientes encontrados nos abacates – ácido oleico, luteína, folato, vitamina E, gorduras monoinsaturadas e glutationa – podem ajudar a proteger o organismo contra doenças cardíacas, câncer e doenças degenerativas cerebrais do olho. Também gosto muito de abacate e são facilmente integrados em qualquer refeição – ou mesmo um smoothie de frutas. Adicionar um meio abacate em smoothies para adicionar textura cremosa dá um poderoso impulso nutricional, ou desfrutar de metade de um abacate como um “lado” nutritivo para sua omelete da manhã é muito válido.

4. Mirtilos (blueberries)

Saborosos, doces e cheios de fitoquímicos de combate a doenças, flavinóides e fibra solúvel – os mirtilos têm o poder de ajudar a prevenir doenças graves como câncer, diabetes, doenças cardíacas, úlceras no estômago e pressão arterial elevada. Em suma, mirtilos são quase milagrosos! Eles também ajudam a sanar inflamações simples de todo o corpo e podem reduzir o colesterol “ruim” – para conseguir uma saúde melhor.

Os blueberries são ótimos ingredientes para serem misturados em smoothies energéticos, mas enquanto a maioria de nós pensa em blueberries no café da manhã, eles também são perfeitos para a sobremesa. Fazer um lanche? Em vez de sorvete, se jogue em uma pequena tigela de blueberries congelados, e desfrute dos estalos em sua boca, uma a uma.

5. Feijões

Densos e deliciosos, os feijões ajudam a elevar os níveis do hormônio leptina, que inibe o apetite. Eles também oferecem uma poderosa combinação de vitaminas do complexo B, cálcio, potássio e ácido fólico. Todas estas coisas boas ajudam a manter o cérebro saudável, a função celular e da pele estáveis, e ainda ajuda a reduzir a pressão arterial e o risco de acidente vascular cerebral. Bastante surpreendente, não? Para aumentar sua ingestão, tente comer feijão em vez de pão ou batatas. Eles vão ajudar a mantê-lo satisfeito por mais tempo e oferecer uma excelente fonte de energia livre de açúcar através de grande parte do seu dia.

6. Nozes

Nozes – você não precisa comer um monte delas para ser tocado com seu poder. Apenas um pequeno punhado por dia vai lhe dar uma dose saudável de ômega-3, de ácido alfa-linolênico, melatonina, cobre, manganês e a forma gama-tocoferol de vitamina E, que é difícil de encontrar e ajuda a proteger o coração. Nozes no seu prato também podem proteger o cérebro e ajudam a retardar o aparecimento das doenças de Alzheimer e Parkinson. Não é um fã de nozes? Tente adicioná-los picados em cereais ou frutas, ou misturar duas colheres de sopa de manteiga de nozes orgânica para smoothies de frutas. De qualquer forma, você ainda vai colher os benefícios do poderoso noz.

7. Salmão Selvagem

O salmão selvagem é uma rica fonte de proteínas, vitamina D, selênio, B2, B3, B6, B12 e todos os ácidos graxos de ômega-3, que são  muito importantes. Então o que exatamente o salmão selvagem pode fazer por você? Um pouco, incluindo proteção contra o câncer, problemas cardiovasculares, degeneração macular, depressão e declínio cognitivo – um monte de vantagens em um pacote muito compacto. Qual é o melhor salmão para comprar? Selvagens capturados, ou salmão do Alasca, que rotineiramente tem classificação baixa em contaminantes e alta em nutrientes. Para obter os benefícios do salmão selvagem é importante pelo menos 2 porções por semana, então não há necessidade de se consumir mais que isso.

8. Chocolate

Chocolate sem laticínios, com moderação, é um deleite delicioso que realmente faz bem para o corpo. Ele pode ajudar a elevar o humor, melhorar o fluxo sanguíneo e pressão arterial. Ajuda a reduzir a inflamação e o LDL “colesterol ruim”, e é carregado com antioxidantes que podem ajudar a prevenir danos às células, doenças degenerativas e até mesmo câncer – o que é uma boa notícia para os amantes do chocolate. Tenha em mente, porém, que os inúmeros benefícios à saúde do chocolate não são uma licença para montar acampamento no corredor de doces. Você tem que controlar a sua “dose” mantendo as modestas 30gr., algumas vezes por semana. Para maximizar os benefícios do chocolate, procure os de alta qualidade, chocolate escuro sem leite que é pelo menos 70% de cacau – e divirta-se!

9. Sementes de Chia

Sementes de chia são minúsculos geradores nutricionais – na verdade, elas são a única fonte mais rica em ácidos graxos ômega-3 à base de plantas que você pode comprar. Eles também são carregados com antioxidantes, proteínas e minerais, além de fibras solúveis e insolúveis para ajudar a manter a sua digestão se movendo na direção certa. Além do mais, sementes de chia têm uma propriedade incomum – eles incham para mais de 5 vezes o seu peso em líquido, assim que adicionar uma colher ou duas às refeições irá ajudá-lo a se sentir mais satisfeito mais rápido. Como ingeri-las? Elas são praticamente sem gosto, então você pode soltar uma ou duas colheres em qualquer coisa, incluindo smoothies, molhos, sopas e saladas. Mas a minha maneira favorita de aproveitar este superalimento incomum é combiná-lo com outro superalimento, ou seja, de chocolate, dentro de uma porção de Pudim de Chocolate com Chia.

Este artigo foi originalmente publicado em www.drfranklipman

*Imagem de “blueberry smoothie” via Shutterstock
 
Matérias Relacionadas