Nasa completa 60 anos com foco em criar base na Lua e levar homem a Marte

Agência espacial foi criada por Dwight Eisenhower (1953-1961), então presidente dos EUA. Desde então, a agência completou várias missões com sucesso, mas sempre será lembrada pela Apolo 11, a primeira a levar o homem à Lua, em 1969

Por Agência EFE

A Nasa, que começou a operar em 1º de outubro de 1958, comemorou nesta segunda-feira (1º) os 60 anos de sua fundação projetando o futuro e destacando o foco da agência em voltar a pisar na Lua e enviar uma missão tripulada a Marte.

“Hoje comemoramos nosso legado com uma grande promessa e uma direção clara do presidente (Donald Trump) de voltar à Lua e ir à Marte”, disse o administrador da Nasa, Jim Bridenstine.

Bridenstine fazia referência à Direção de Política Espacial que Trump assinou em dezembro de 2017 e que determina que a Nasa envie astronautas à Lua. O objetivo é estabelecer uma base no satélite da Terra como um passo prévio para a primeira missão tripulada a Marte.

Após a assinatura da lei, a Nasa começou a elaborar planos para criar uma estação espacial na órbita lunar. A agência começará a construí-la a partir de 2022 para que ela esteja operacional a partir da década seguinte. Já o projeto para levar o homem ao planeta vermelho tem como previsão o fim da década de 2030.

Além desses desafios para o futuro, Bridenstine lembrou diferentes conquistadas da Nasa desde sua fundação.

“Durante seis décadas incríveis, trouxemos ao mundo uma grande quantidade de missões valentes em ciência, aviação e exploração humana”, indicou o administrador da agência americana.

A Nasa foi criada por Dwight Eisenhower (1953-1961), então presidente dos Estados Unidos. Desde então, a agência completou várias missões com sucesso, mas sempre será lembrada pela Apolo 11, a primeira a levar o homem à Lua, em 1969.

(NASA/Newsmakers)
(NASA/Newsmakers)
 
Matérias Relacionadas