Lira promete ação da Câmara em relação a combustíveis

Por Andreia Luiza Matias, Terça Livre

Arthur Lira, presidente da Câmara, reclamou na terça-feira (28), por meio do Twitter, do preço do gás de cozinha e dos combustíveis. Preocupações que o presidente Jair Bolsonaro vem demonstrando desde o início do governo.

Segundo Lira, o diretor-executivo de Comercialização e Logística da Petrobras Cláudio Mastella é bem pago para buscar soluções para conter a alta de combustíveis. Lira afirmou, ainda, que nesta quarta-feira (29) colocaria alternativas em discussão no Colégio de Líderes.

“O fato é que o Brasil não pode tolerar gasolina a quase R$ 7 e o gás a R$ 120”, afirmou Lira.

O parlamentar afirmou também que a Câmara dos Deputados está fazendo seu dever de casa para o país retomar a economia, respeitando os limites fiscais e sendo responsável em todas as suas sinalizações para o mercado.

Mais tarde, ao lado do presidente Bolsonaro, durante entrega de moradias populares em Alagoas, Lira voltou a falar a respeito do valor dos combustíveis. Ele destacou a angústia do Presidente em relação ao assunto e destacou o novo aumento de 9% por parte da Petrobrás.

“Sabe o que é que faz o combustível ficar caro? São os impostos estaduais. Os governadores têm que se sensibilizar. E o Congresso Nacional vai debater um projeto que trata do imposto do ICMS ad rem [fixo por quantidade], para que ele tenha um valor fixo, que ele não fique vulnerável aos aumentos do dólar, porque esse a gente não controla”, disse Lira.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 
Matérias Relacionadas