Indigestão, azia, enjoo? Exagerou? Eis os chás salvadores

Comeu ou bebeu demais nas festas? Está empanturrado, bêbado ou de ressaca? Ainda há uma saída…

“Nem adianta vir com aquele sermão todo de que devia ter pensado antes de comer demais ou de encher a cara… Agora já enfiei o pé na jaca e tô mal. Pode me ajudar?…”

“Tá com indigestão, azia, enjoo ou de ressaca? Ok, então anota aí…”

Nós e os nossos excessos de sempre… Então vamos lá, sem sermão, vendo se algumas dicas podem melhorar esse mal-estar todo.

Chás (Tome 1 xícara 3x ao dia, ou a cada 3 horas se estiver muito “baleado”)

  • Chá de boldo do Chile (não é aquela planta de folhas peludinhas que muita gente tem no jardim – é outro tipo, que vende nos supermercados, nas lojas de produtos naturais e nas farmácias): serve para o fígado que foi maltratado por excessos alimentares ou alcoólicos, o que leva a pessoa a ficar enjoada, com boca amarga, com ânsia de vômito, dor de cabeça, tontura.
  • Chá de hortelã: serve para o fígado e para a vesícula que se aqueceram demais, para as fermentações que produzem gases, para calor no estômago e nos intestinos, cólicas intestinais e para mente entorpecida. Os sintomas podem ser barriga empachada (indigestão), digestão lenta, gases, boca seca, calor no corpo e pequena febre.
  • Chá de camomila: serve para indigestão, azia, queimação na barriga (gastrite), enjoo, boca amarga, tensão no estômago, ânsia de vômito.
  • Chá de boldo do Chile+hortelã+camomila: alivia todas as condições acima.
  • Chá de gengibre: serve para fraqueza digestiva, indigestão, frio no estômago (depois de comer muito sorvete ou tomar bebidas muito geladas, ou frescas em grandes quantidade), ânsia de vômito, vômitos, ingestão de comidas estragadas (especialmente carnes), excesso de ingestão de carnes.
  • Chá de erva-doce: serve para digestão lenta, azia, gases, cólica intestinal, nervosismo.
  • Chá de alecrim: serve para indigestão, dor de cabeça, ingestão excessiva de gorduras e/ou carnes, cansaço, fadiga, mente entorpecida.
  • Chá de hortelã+alecrim+camomila+gengibre+erva-doce: serve para má digestão, gases, enjoo, excesso de ingestão de gorduras e/ou alimentos frios, ingestão de alimentos estragados, vômitos, diarrréia, cólicas intestinais, dor de cabeça, estresse, cansaço.
  • Chá de carqueja: serve para excesso de alimentos gordurosos e/ou de bebidas alcoólicas, baixar o excesso de açucar no sangue (hiperglicemia – mas não substitui os remédios convencionais para quem é diabético), para quem come ou comeu muita carne; reduz o excesso de ácido úrico, é diurético (ajuda a urinar), purifica o fígado, o sangue e os rins.
  • Chá de chapéu de couro: serve para purificar o sangue, o fígado, os rins, as acnes, os maus odores da transpiração, para aliviar a pressão alta (mas não substitui os remédios anti-hipertensivos convencionais), a gota e o excesso de ácido úrico.

 

Sucos (podem ser tomados algumas vezes ao dia, se necessário)

  • Suco de limão: serve para inflamação no estômago (gastrite), inflamação nos intestinos delgado e grosso, cólicas intestinais, gases intestinais, calor no corpo e pequena febre, infecções, diarreia.
  • Suco de abacaxi com gengibre e hortelã: serve para indigestão (especialmente de carnes), gases, excesso de alimentos gordurosos.
  • Suco de melão: serve para ressaca (excesso de ingestão de bebidas alcoólicas), enjoo, calor no estômago, gastrite. desidratação álcoólica ou devida à diarreia (repor líquidos via oral, caso a pessoa tenha vomitado ou tido diarreia).
  • Água de coco: ótima repositora de água, sais minerais, vitaminas e açucar para os que tiveram perdas de líquidos vomitando ou tendo diarreias, ou para os que não conseguem comer devido ao mal-estar proveniente dos excessos cometidos.

 Leia também: 

Recursos naturais para se ter uma farmácia em casa

Dicas para acelerar o metabolismo e perder peso

Kudzu: um bom aliado contra o alcoolismo e o tabagismo

Caldos

  • Caldo de missô: serve para repor líquidos e nutrientes para quem bebeu demais e/ou vomitou por beber demais. Diluir 1 colher de sobremesa em uma tigela com 1 e 1/2 xícara de água quente.  Tomar aos poucos até sentir-se melhor.
  • Caldo de vagem: além de ser nutritivo, serve para baixar o excesso de açucar no sangue (mas não substitui os remédios para a diabetes).

 

Xarope digestivo instantâneo

  • Xarope de mel+pimenta malagueta: serve para digestão fraca, indigestão, refluxo. Misturar 3 colheres de chá de mel com cerca de 5 a 7 gotas de pimenta malagueta e comer lentamente. Os diabéticos não devem usar.

 

Bem, essas foram algumas dicas para tornar as festas mais suaves e menos problemáticas para os que ultrapassam os limites de vez em quando.

O melhor de tudo seria não exagerar e nem perder o controle frente aos impulsos de comer e beber. Mas, às vezes nos perdemos na desatenção e na excitação das festas, e o resultado nem sempre é agradável…

Um pouquinho mais de consciência e… boas festas a todos!

 

Alberto Fiaschitello é terapeuta naturalista e cientista social

 

 

 

 

 

 
Matérias Relacionadas