Governo pede investigação sobre aeródromo em Minas Gerais

O PT entrou com um pedido de abertura de inquérito na Procuradoria-Geral da República para investigar a suposta utilização irregular do aeródromo do município de Claúdio, em Minas Gerais. A medida foi tomada após reportagem do jornal Folha de S.Paulo, publicada no último domingo (20), revelar que o governo de Minas construiu o aeroporto em uma fazenda que pertencia ao tio-avô do candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, que era governador do estado na época.

O PT pede que o candidato seja investigado por improbidade administrativa e na esfera criminal.

Em nota divulgada ontem (21), a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que vai pedir esclarecimentos ao governo de Minas Gerais e à prefeitura do município. Segundo a Anac, o aeródromo ainda não está homologado pela agência, e não pode receber operações aéreas.

Segundo a agência, o processo de homologação do aeroporto, iniciado em julho de 2011, não está concluído porque o governo estadual ainda não apresentou o parecer do Comando da Aeronáutica.

Agência Brasil

 
Matérias Relacionadas