França confirma dois casos de coronavírus chinês, os primeiros na Europa

Por EFE

Paris, 24 jan – O governo da França anunciou nesta sexta-feira que confirmou dois casos do coronavírus de Wuhan (China), em Bordeaux e Paris, que seriam os primeiros detectados na Europa.

A ministra da Saúde do país, Agnès Buzyn, explicou que o primeiro caso é o de um paciente de Bordeaux de origem chinesa, de 48 anos, que viajou recentemente a Wuhan por assuntos profissionais. Sobre o segundo, ela apenas informou que está internado em isolamento no hospital Bichat-Claude Bernard, em Paris.

O paciente de Bordeaux foi a um hospital ontem apresentando os sintomas provocados pelo coronavírus chinês. Imediatamente, os médicos o levaram a uma área isolada da unidade. Antes disso, porém, ele teve contato com mais de dez pessoas.

A ministra reconheceu que ainda não há informações sobre o histórico da pessoa infectada em Paris. Sobre ele, o governo da França sabe apenas os exames para o vírus deram positivo.

“É provável que já haja outros casos na Europa. A epidemia é um incêndio que devemos controlar”, afirmou a Buzyn.

O Ministério da Saúde da França divulgará diariamente informações sobre o coronavírus.

Buzyn pediu que qualquer pessoa que tenha viajado à China nos últimos dias e apresente os sintomas não vá a qualquer hospital, mas sim ligue para um serviço especializado em atender esse tipo de casa. Os médicos, então, irão até a casa da pessoa para levá-la a uma unidade de saúde específica.

 
Matérias Relacionadas