EUA convidam Coreia do Norte a retomar diálogo sem ‘pré-condições’

Por Agência EFE

Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão novamente entraram em contato com Pyongyang na segunda-feira para conversas incondicionais, depois que o líder norte-coreano Kim Jong-un pediu a seu país que se preparasse tanto para as negociações quanto para o confronto.

“Continuamos a esperar que a República Popular Democrática da Coreia (DPRK, nome oficial da Coreia do Norte ) responda positivamente à nossa abordagem e à nossa oferta de nos encontrarmos em qualquer lugar e a qualquer hora sem pré-condições”, disse o enviado especial dos EUA para a Coreia do Norte , Sung Kim.

Kim falou nesses termos em uma entrevista coletiva após uma reunião tripartite em Seul com o chefe das negociações nucleares da Coréia do Sul, Noh Kyu-duk, e o diretor-geral para Ásia e Oceania do Ministério de Relações Exteriores do Japão, Takehiro Funakoshi, reportado pela agência de notícias Yonhap.

Durante o encontro, os três diplomatas abordaram as recentes declarações do líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante uma sessão plenária do partido único, na qual exortou seu país a se preparar “tanto para o diálogo como para o confronto” com Washington .

Esta é a primeira mensagem em que o líder norte-coreano mostra sua disposição para dialogar com os Estados Unidos desde a chegada à Casa Branca do presidente Joe Biden, cujo governo está comprometido com um caminho diplomático intermediário ao de seus antecessores.

Apesar do diálogo proposto, o enviado dos EUA assegurou que a administração Biden continuará a implementar as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) “para enfrentar a ameaça representada pela RPDC com a comunidade internacional” e exortou outros países a fazerem o mesmo.

Sung Kim assumiu como enviado especial para a Coreia do Norte em maio, depois de servir como secretário adjunto interino do Departamento de Estado para o Leste Asiático e Pacífico.

O diplomata está em Seul desde o último sábado, como parte de uma visita de cinco dias com o objetivo de coordenar posições com a Coreia do Sul e o Japão em relação ao regime norte-coreano.

Na reunião, os três países concordaram em continuar a cooperar para alcançar progressos substanciais em direção à desnuclearização completa da península coreana e ao estabelecimento da paz permanente no território, detalhou o Ministério das Relações Exteriores da Coréia do Sul em um comunicado.

Pronto para qualquer eventualidade

Antes da reunião tripartite, o enviado especial Kim manteve uma reunião bilateral com o chefe de negociações nucleares da Coréia do Sul, Noh, na qual destacou que, como a Coreia do Norte, seu país também estará preparado para qualquer eventualidade.

Referindo-se às declarações do líder norte-coreano sobre diálogo e confronto, Kim enfatizou: “Estaremos preparados para qualquer um, porque, você sabe, ainda estamos esperando por notícias de Pyongyang” sobre a proposta de diálogo.

O regime norte-coreano, mais isolado do que de costume por suas medidas rígidas para evitar que o covid-19 se espalhasse pelo território, não respondeu, ao menos publicamente, aos pedidos que Washington faz desde fevereiro para retomar as conversas sobre desnuclearização.

Noh Kyu-duk disse que Seul continuará a desempenhar um papel “necessário” para a rápida retomada do diálogo estagnado.

“Queremos restaurar a estrutura na qual as relações intercoreanas e as relações entre os Estados Unidos e a República Popular Democrática da Coreia se reforcem mutuamente de forma mutuamente benéfica”, disse o funcionário sul-coreano.

Pyongyang e Washington encenaram uma reaproximação histórica em 2018 durante a presidência dos Estados Unidos de Donald Trump, que ficou paralisada no início do ano seguinte devido às diferenças em sua abordagem do processo de desarmamento norte-coreano.

Com relação aos atritos entre os países vizinhos, o enviado dos EUA reafirmou o compromisso de Washington de alcançar a desnuclearização e a cooperação intercoreana por meio do diálogo e da diplomacia.

Entre para nosso canal do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas