Empresa japonesa cria sapatos com GPS para localizar idosos com demência

Uma empresa japonesa criou sapatos com GPS especialmente concebidos para ajudar a localizar idosos com demência, que são suscetíveis de se perder e acabam vagando sem saber como voltar para casa.

Batizados como “Sapatos GPS Dokodemo”, eles carregam um localizador instalado dentro da sola do pé esquerdo, e permitem conhecer a localização do usuário por meio de dispositivos como smartphones e computadores, compartilhando o número de identificação do terminal e a senha.

“Nós temos experiência na busca de pacientes com demência que se perdem, e sabemos que essas pessoas não usam telefones celulares, chaveiros ou relógios, mas eles usam sapatos … Então decidimos criar um tipo de sapato com sistema de localização GPS”, disse à Agência Efe um porta-voz da Wish Hills, criadora dos calçados.

Leia também:
Google entra no clima de Star Wars
‘A ilha que cresce’: fenômeno inexplicável deixa o terreno 12 vezes maior

O localizador é associado a um dispositivo que envia notificações quando o idoso se distancia mais de 50, 100 ou 500 metros de sua casa, dependendo do valor previamente definido, segundo a mesma fonte.

Ele também exibe a posição do usuário em um mapa, para que seja mais fácil percorrer o caminho atrás dele, entre outras funções.

A empresa, que tem o objetivo de “salvar vidas” com estes sapatos, garante que o produto vem tendo bons resultados e que está vendendo muito bem, “especialmente entre mulheres na faixa dos 50 anos que têm um pai com demência”.

Leia também:
3D Touch da Apple, a revolução dos smartphones
Litro de Luz: solução eficaz e barata para geração de energia sustentável

Os sapatos custam 35 mil ienes (cerca de 266 euros / 285 dólares) e estão disponíveis somente no Japão, um país onde quase um quarto da população tem mais de 65 anos.

“O mercado interno é muito importante para nós, no entanto, no futuro, temos interesse em vender para outros mercados nos quais a população envelhecerá rapidamente nos próximos anos”, disse a empresa.

A demência é uma síndrome que envolve a deterioração da memória, do raciocínio, do comportamento e da capacidade de realizar atividades da vida diária.

Cerca de 47,5 milhões de pessoas têm demência no mundo, e a cada ano são registrados 7,7 milhões de novos casos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Leia também:
Gêmeos começam a interagir já nas 14 semanas de gravidez
Smartphone da Pepsi agora é oficial

 
Matérias Relacionadas