Elefanta cega começa a ‘dançar’ quando pianista toca Bach

A música clássica pode fazer maravilhas não apenas para os humanos, mas também para os animais.

Um relaxante vídeo de uma elefanta cega balançando ao som de um número de Bach, interpretado pelo pianista britânico Paul Barton, está circulando nas redes sociais.

A elefante fêmea de 62 anos chamada Lam Duan, que significa “Árvore com Flores Amarelas”, é seduzida pela melodia, e balança para frente e para trás.

Não é que Barton esteja tentando converter Lam Duan a ser um fã de música clássica, pois a gigante gentil está livre para ir embora se não estiver feliz com o gênero musical.

A julgar pelo desempenho impecável do Britânico ao ar livre, no entanto, parece que Lam Duan não iria querer estar em nenhum outro lugar.

Lam Duan, juntamente como os outros 28 elefantes do Santuário Mundial dos Elefantes da Tailândia, são elefantes idosos, deficientes e doentes, têm a sorte de ser cuidados por Barton, que mora no local com sua esposa, Khwan.

“Fiquei de coração partido quando vi Lam Duan chegar ao Elephants World em 2012”, disse Barton, de 57 anos, segundo o MailOnline.

“Ela é tão inquieta. Quando você toca música para ela, ela deixa de ser inquieta e se calma. Sendo cega, ela vai balançar para frente e para trás “.

O pianista, que vem de East Yorkshire, diz que gosta de compartilhar seu talento com essas criaturas majestosas.

“Esses elefantes estão perto de você e há um tipo de conexão que você não pode explicar em palavras.”

Outro elefante, Romsai, não se cansa de escutar Barton, e dança com todos os grandes compositores – Beethoven, Schubert, Chopin.

“Ele parece gostar”, diz Barton, antes de tocar algum Beethoven. Romsai bate nas duas orelhas, com os rabos da cauda – na verdade, parece que gosta disso.

Quer conferir os elefantes? Aproveite o clipe abaixo:

Crédito das fotos: Captura de tela do YouTube |Paul Barton.

Avó com Alzheimer toca piano depois de 35 anos, mas não consegue lembrar os nomes das crianças

 
Matérias Relacionadas