‘Eclipse com anel de fogo’: Australianos apreciam o raro fenômeno celeste

As pessoas no norte da Austrália presenciaram um raro prazer em 9 de maio: um eclipse solar em que a Lua cobre a maior parte do Sol, mas deixa um fino disco de luz chamado anel de fogo.

Um eclipse com anel de fogo ocorre quando a Lua está mais distante da Terra do que o habitual, tornando-a incapaz de obstruir totalmente o Sol.

“Foi a primeira vez que vi um eclipse anular. Achei espetacular. Fiquei realmente surpreso com a beleza”, disse Geoff Sims à AFP após tirar fotos do eclipse de um local remoto na Austrália Ocidental.

O eclipse pôde ser visto de terça a sexta-feira numa faixa através da Austrália, no Leste de Papua Nova Guiné, nas Ilhas Salomão e nas Ilhas Gilbert, segundo o RT.com.

Uma criança observa um eclipse solar parcial no Observatório de Sydney, Austrália, em 10 de maio de 2013 (Saeed Khan/AFP/Getty Images)
A Lua passa em frente ao Sol, vista do Observatório de Sydney, Austrália, durante um eclipse em 10 de maio de 2013 (William West/AFP/Getty Images)
A Lua passa em frente ao Sol, vista de um telescópio no Observatório de Sydney, Austrália, durante um eclipse em 10 de maio de 2013 (Saeed Khan/AFP/Getty Images)
Uma menina ajusta um telescópio para visualizar um eclipse solar parcial, na icônica Ponte do Porto de Sydney, Austrália, em 10 de maio de 2013 (Saeed Khan/AFP/Getty Images)

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas