Cirurgião confirma crime de extração de órgãos do PCC

Escrito por um praticante de Falun Gong na China

“Se queremos realizar mais transplantes de fígado, precisamos de mais pacientes!”, exclamou o cirurgião-chefe de Xangai, do departamento de cirurgia do Hospital Huashan da China, para quatro jovens cirurgiões.

“Vocês todos precisam melhorar suas habilidades para realizar transplantes de fígado, por isso vocês precisam convencer seus pacientes a serem recipientes para tais transplantes. O Hospital Zhongshan, na cidade de Guangzhou, recrutou com sucesso centenas de pacientes para receber transplantes de fígado. Vocês devem começar a recrutar pacientes o mais rapidamente possível!”

Leia também:
Desenhos de torturas praticadas na China revelam histórias chocantes
Parlamento Italiano dá mais um passo para deter tráfico de órgãos na China
Parlamentares canadenses apoiam ações judiciais que lutam pelos direitos humanos na China

A conversa acima ocorreu em 2001, em uma sala de cirurgia no Hospital Huashan. Eu estava trabalhando como estagiário de enfermagem na época, e o diretor, que estava na casa dos cinquenta, era muito conhecido.

“Não é que não queremos recrutar pacientes para realizar transplantes de fígado. É que o custo de 500 mil yuanes [cerca de 80.530 dólares americanos] da operação assusta as pessoas”, explicou um assistente.

“Diga a esses pacientes que um transplante de fígado bem-sucedido pode estender suas vidas por cerca de cinco anos. Desta forma, eles vão sentir que é um investimento que vale a pena. Você precisa se esforçar em persuadi-los!”, disse o diretor.

“Qual é a esperança média de vida para os pacientes de transplante de fígado?”, perguntou um jovem médico.

“Relatórios do exterior indicam que a maioria dos pacientes que receberam transplantes de fígado vivem um período adicional de três a seis meses”, respondeu o diretor. “No entanto, como as técnicas de cirurgia têm melhorado, o tempo pode ser incrementado para cinco anos.”

“Se a cirurgia falhar e se o paciente puder pagar podemos garantir-lhe um fígado compatível em duas semanas. Não é problema possuir uma ampla oferta de órgãos; [o problema é] ter pacientes.”

Lembro-me na época que fiquei admirado que os médicos pudessem ser capazes de prolongar a vida de um paciente por meio de um transplante de fígado.

No entanto, depois que comecei a praticar Falun Gong em 2011, me tornei consciente da extração forçada de órgãos orquestrada pelo Partido Comunista Chinês (PCC) de praticantes de Falun Gong vivos.

Foi quando percebi que o Hospital Huashan devia estar realizando a extração de fígado de uma pessoa viva, pois é praticamente impossível encontrar um doador de fígado compatível no período de duas semanas!

 
Matérias Relacionadas