China rouba código de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos EUA

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

A agência pesquisadora Check Point Software Technologies, sediada em Tel-Aviv, divulgou na última quinta-feira (24) que espiões do Partido Comunista da China (PCC) roubaram códigos desenvolvidos pela Agência de Segurança Nacional (NSA). O roubo do material seria para o desenvolvimento de suas operações com hackers.

Os pesquisadores israelenses que fizeram a descoberta divulgaram um relatório no qual aponta que alguns recursos do malware Jian, do PCC, são idênticas às ferramentas de invasão da NSA dos EUA. Essas ferramentas teriam sido vazadas dos servidores americanos ainda em 2017.

Com a constatação do roubo praticado por hackers da China, especialistas alertam que os espiões norte-americanos necessitam se empenhar mais para resolver as falhas que se encontram em seus servidores.

Segundo o pesquisador da Kaspersky Lab, Costin Raiu, a pesquisa da empresa Checkpoint é bem concluída e “parece legítima”. Kaspersky Lab é uma empresa de antivírus que atualmente possui sede em Moscou.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas