Chegou a hora de remover o câncer do Partido Comunista Chinês

Especialistas dizem que o número de mortos pelo vírus PCC ultrapassou 1 milhão

Por Diana Zhang

Sempre foi um mistério para mim o motivo pelo qual os Estados Unidos tratavam a União Soviética como um regime comunista maligno, mas tratavam a China como moderada, que podia ser comprada com dinheiro e um bom estilo de vida.

Pensávamos que éramos ricos o suficiente, poderosos o suficiente e atraentes o suficiente para transformar a China em uma sociedade normal como a do mundo livre. Em vez disso, os negócios e investimentos dos Estados Unidos tornaram o Partido Comunista Chinês (PCC) mais forte. O PCC é como um câncer que suga a nutrição de um órgão saudável e se torna uma ameaça maior para todo o corpo.

A disseminação do vírus do PCC ao redor do mundo nos mostra o quão perigoso é o PCC. É contagioso. É invisível. É mortal. É uma ameaça para todos neste planeta.

Quando o Epoch Times publicou a série editorial “Nove Comentários sobre o Partido Comunista”, que revela a história do PCC, os leitores nos escreveram perguntando: “Onde estava o New York Times quando isso estava acontecendo?”

Quando o Grande Salto Adiante aconteceu e milhões foram mortos, pensávamos que era um problema na China. Quando a Grande Fome aconteceu e 40 milhões de pessoas morreram de fome, era um problema remoto. Quando o massacre da Praça da Paz Celestial aconteceu, continuamos a negociar com o PCC. Quando a perseguição à prática espiritual do Falun Gong aconteceu, tentamos agradar o PCC fechando os olhos.

De certa forma, o PCC mudou. Na verdade, cresceu. Ele tem roupagem mais sofisticada e entende melhor o Ocidente – para que ele possa fazer um trabalho melhor ao tirar vantagem do Ocidente. Sua propaganda sempre usa os Estados Unidos como exemplo negativo, dizendo ao povo chinês que o PCC é melhor.

De qualquer forma, o PCC nunca mudou – sua natureza nunca mudou. Durante A Grande Fome, os oficiais do PCC bloquearam muitas aldeias, não permitindo que as pessoas saíssem para pedir comida. Era mais importante para o PCC esconder a verdade.

Sessenta anos depois, quando o coronavírus se espalhou, alguns bairros foram fechados, algumas casas foram trancadas por fora. Algumas crianças morreram de fome.

O PCC diz que houve 3.259 mortes pelo vírus, mas isso não corresponde ao que vimos acontecendo na China. Sabemos que os centros de cremação em Wuhan estavam operando 24 horas por dia, sete dias por semana. Fora de alguns bairros, os corpos eram queimados em poços ao ar livre. Quarenta fornos móveis foram enviados para Wuhan. Cada um pode queimar cinco toneladas de “resíduos médicos e corpos de animais mortos” (corpos de animais ou corpos humanos?) por dia.

Especialistas dizem que o número de mortos pelo vírus PCC ultrapassou 1 milhão. Não temos como provar ou refutar esse número. Relatórios recentes do número restante de usuários de celulares na China sugerem que o número de mortes pode ser muito maior do que o sugerido anteriormente.

A China possui três operadoras de celular. A China Mobile informou que perdeu 7,254 milhões de usuários em fevereiro, enquanto a China Telecom perdeu 5,6 milhões de usuários em fevereiro. A relativamente pequena China Unicom não divulgou seu relatório de fevereiro. Mas em janeiro, perdeu 1.186 milhões de usuários.

Supondo que a China Unicom tenha mantido todos os seus usuários em fevereiro, todo o mercado chinês ainda perdeu 12,854 milhões de usuários de celular naquele mês. Quantas dessas pessoas morreram no mês passado?

Com o PCC ocultando informações sobre o vírus, o mundo foi pego despreparado. Agora, nos tornamos vítimas, já que o vírus cruzou fronteiras. Deveríamos continuar a lidar com o PCC como estamos lidando com um grupo de cavalheiros? Perdemos nossos empregos nas fábricas; nós perdemos a propriedade intelectual. Agora, vamos perder nossos familiares e talvez nossas próprias vidas?

Quando um câncer continua a crescer, qual é o resultado final?

Felizmente, ainda somos fortes como país. No entanto, quando boas células combatem o câncer, é uma luta de vida ou morte. Se não virmos isso claramente, se não removermos o PCC o mais rápido possível, um vírus mais mortal poderá ocorrer. Esse vírus do PCC deve ser uma lição suficiente para nós.

Eliminar o PCC não requer a Terceira Guerra Mundial. Se cortarmos nossos laços com ele, ele morrerá de fome rapidamente, como um câncer separado de seu hospedeiro.

As opiniões expressas neste artigo são de opinião do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Epoch Times.

 
Matérias Relacionadas