Cão refaz caminhada diária que costumava fazer com seu dono falecido por mais de um ano

Um doloroso ritual diário de um cão de luto levou-o a se tornar uma celebridade local em uma cidade brasileira.

Durante anos, o artista Claudio Cantarelli gostava de dar uma volta pelas ruas de Caçapava do Sul,  com Thor – um Akita japonês branco – todos os dias.

“Todos os dias, por mais de uma década, Claudio saia com Thor e fazia o mesmo caminho”, disse Airton Oliveira, cabeleireiro, à StoryTrender.

Durante a caminhada Claudio conversava com a população e visitava a loteria.

Infelizmente, esse ritual parou quando Claudio, de 58 anos, faleceu em dezembro de 2015, deixando Thor para trás.

“Thor parou de comer quando Claudio morreu”, disse uma vizinha carinhosa, Saionara Freitas, que acabou adotando Thor.

“Fiquei tão chateada ao ver como ele estava triste, perguntei à família de Claudio se eu poderia cuidar dele”.

Embora Thor tenha uma nova dona ele ainda sente falta de Claudio.

Todas as manhãs, Thor – em luto por Claudio – refaz a caminhada que costumava fazer com ele.

O cão fiel passa pela clínica do veterinário, pela loteria, pela rua principal e por um restaurante, onde Claudio costumava almoçar.

Thor religiosamente “segue o mesmo caminho que Claudio costumava fazer com ele”.

“Eu o observava enquanto ele se deitava do lado de fora da clínica, onde Claudio parava, conversava e fica sentado e esperando do lado de fora da loteria”, lembrou Saionara.

“Ele parece estar esperando que Claudio apareça e eu juro que vi lágrimas em seus olhos.”

Desde que Thor começou sua caminhada diária solitária, ele não esteve tão deprimido como antes, e agora ele se tornou uma celebridade bem conhecida na cidade. As pessoas costumam parar para tirar fotos com ele.

É absolutamente doloroso ver Thor sentir falta de seu dono depois de todo esse tempo. Com sorte, ele sairá de seu processo de luto em breve.

Assista o vídeo:

Crédito da foto: captura de tela de vídeo | Caters Clips.

 
Matérias Relacionadas