Cão foge de casa todos os dias após morte de dono ─ então um dia o filho planeja segui-lo

Tendo passado muito tempo juntos, um cachorro sofre por seu amado dono depois que ele faleceu. Parece que o cão não conseguia lidar com a perda, e continuou a visitar a tumba de seu mestre todos os dias depois do funeral.

Cesur, o cão, perdeu seu amado mestre em janeiro de 2017. Tendo passado dois anos junto como companheiro de seu dono, Mehmet Ilhan, de 79 anos, o cão leal ficou com o coração partido. Ilhan morreu em um hospital perto de sua casa, em Bursa, na Turquia, depois de longos anos de paralisia em razão de uma doença.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

“Por causa da paralisia do meu pai, eles tinham um tipo diferente de conexão. Quando meu pai estava no hospital durante seus últimos dias, Cesur parou de comer”, disse o filho de Ilhan, Ali, ao The Dodo.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

Quando o corpo de Ilhan chegou em casa, o cão leal ficou junto se recusando a arredar o pé. Ele mesmo liderou uma procissão que se formou no caminho para levar o caixão ao funeral. Na cerimônia, Cesur foi visto com a cabeça baixa enquanto se sentou junto ao caixão, e ficou nesta posição o tempo todo.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

Sobre o comportamento de Cesur, Ali disse: “Ninguém poderia tocá-lo até que meu pai fosse conduzido ao túmulo e enterrado”. Cesur também acompanhou o enterro de Ilhan.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

Após a morte de Ilhan, Cesur vive com Ali, mas ele ainda pensa em seu amado dono.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

Ali começou a notar que Cesur saía de casa depois que ele partia para o trabalho, e, um dia, decidiu segui-lo. Cesur tem estado indo ao local do enterro para visitar seu último mestre.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

“As pessoas que trabalham no cemitério dizem que a primeira coisa que ele faz pela manhã é visitar o túmulo de meu pai”, afirmou Ali.

(Facebook de Ali Ilhan)
(Facebook de Ali Ilhan)

Embora ninguém saiba quando Cesur conseguirá enfim superar a perda, Ali continua a cuidar dele. “Cesur sempre foi um animal nobre. Ele viverá comigo a partir de agora.”

NTD Television

 
Matérias Relacionadas