Câmera a bordo da Soyuz registrou momento do acidente em que astronautas escaparam (Vídeo)

O astronauta russo Alexey Ovchinin e o astronauta norte-americano Nick Hague, da NASA, estavam a bordo

Por Epoch Times

A Agência Espacial Russa Roskosmos publicou um vídeo feito pelas câmeras a bordo da espaçonave Soyuz-FG, cujo voo com dois passageiros para a Estação Espacial da ISS terminou em um acidente em outubro passado.

Durante um minuto e meio de vídeo, o foguete Soyuz-FG ganha altura, mas logo em seguida, quando os três blocos laterais deveriam ser separados para passar para a próxima fase de voo da Soyuz MS-10, que levava dois tripulantes, dois blocos se soltaram corretamente, mas um deles, o bloco “D”, não o fez.

Em uma coletiva de imprensa, o presidente da comissão de inquérito, Oleg Skorobogatov, disse que o acidente ocorreu devido à falha do bocal em remover o bloqueio lateral do foguete na primeira etapa, de acordo com a agência RIA. Além disso, ele informou que o bloco lateral “D” do foguete Soyuz-FG foi deformado durante a montagem em Baikonur.

Astronautas transportados pela Soyuz
Astronautas transportados pela Soyuz

Em 11 de outubro, o veículo de lançamento Soyuz-FG, que partiu do Centro Espacial Johnson, em Houston, não conseguiu colocar em órbita a nave espacial Soyuz MS-10 com a nova tripulação da ISS.

O astronauta russo Alexey Ovchinin e o astronauta norte-americano Nick Hague, da NASA, estavam a bordo. Os dois tripulantes e a cápsula russa Soyuz MS-10 aterrissaram com segurança a cerca de 19 quilômetros a leste de Dzhezkazgan, no Cazaquistão, e foram recebidos por uma equipe de busca e recuperação, segundo a Nasa.

Após o acidente, Ovchinin e Hague foram submetidos a uma descida balística de alta velocidade, para a qual a tripulação teria treinado, mas isso significou que seus corpos foram submetidos a forças maiores que as forças gravitacionais.

 
Matérias Relacionadas