Vídeos mostram seis das maiores ondas já surfadas

Os dois recordes mundiais das maiores ondas já surfadas – um por entrar remando e outro por categoria ilimitada – foram conseguidos na Costa de San Diego na Califórnia e na Praia do Norte em Nazaré, Portugal, respectivamente.

O Livro Guinness dos Recordes confirmou que Shawn Dollar quebrou o recorde mundial com uma onda de 18,5 metros no recife de 160 km em Cortes Bank, no oeste de San Diego, EUA, em 21 de dezembro de 2012.

O recorde anterior pela maior onda surfada (por entrar remando) era de Shane Dorian. Em 2011, Dorian dropou uma onda de 17 metros em Jaws, no Maui, Havaí.

Em 2011, o havaiano Garret McNamara fez história com uma onda de 24 metros na costa de Nazaré, uma pequena vila de pescadores em Portugal. Ele supostamente quebrou o próprio recorde com uma onda no mesmo local no início deste ano, mas isso não foi confirmado pelo Guinness. Seu feito de 2011 permanece listado como a maior onda surfada (na categoria ilimitada).

Aqui estão alguns vídeos fantásticos de algumas das maiores ondas do mundo, incluindo uma registrada no Guinness.

Cortes Bank

Shawn Dollar, quebrando o recorde mundial:

Nazaré

Praia do Norte, Nazaré, Portugal; veja as enormes ondas formadas como resultado de um canyon submarino que se conecta a costa.

Garret McNamara, quebrando o recorde mundial em 2011:

Garret McNamara fala com o Surf Channel sobre sua experiência:

Jaws

Peahi (ou “Jaws”, “Mandíbulas”) no Maui, Havaí, é gerado por tempestades de inverno que atingem a barreira de recife, segundo o site GoHawaii.com. A formação chega a 12-20 metros.

Shane Dorian, quebrando o recorde em 2011:

Laird Hamilton surfa em Jaws:

Teahupoo

Teahupoo na costa sudoeste da ilha de Tahiti, na Polinésia Francesa, no sul do Oceano Pacífico, já causou cinco mortes desde 1985.

O surfista Thierry Vernaudon de Tahitian foi o pioneiro nas ondas locais em 1985, segundo o Surfer Today. Surfistas disseram à publicação que para surfar em Teahupoo deve-se ter certeza de evitar onde a onda quebra e não hesitar.

Laird Hamilton surfa em Teahupoo em 2008:

Mullaghmore

Mullaghmore (ou “Mully”) é um recife que ajuda a formar e quebrar ondas superiores a 12 metros ao largo da costa noroeste da Irlanda, segundo a Northcore.

Peter Conroy surfa em Mullaghmore:

Prowlers

Prowlers (“Predadores”) foi descoberto pelo surfista Richie Fitzgerald da Northcore e pelo fotógrafo Aaron Pierce da Nova Zelândia. A formação fica a uns 2,4 km ao largo dos Penhascos de Moher, na costa oeste da Irlanda. Ele foi comparado aos Mavericks na Califórnia. Ondas superiores a 15 metros podem quebrar nos recifes locais.

Fitzgerald disse ao Surfer Today: “O problema de Prowler é que ele é afetado por muitas ondulações cruzadas. Ele é o líder europeu das grandes ondas com boa margem. Você apenas precisa das condições adequadas. Uma onda de 30 metros só ocorreria poucas vezes numa década.”

Richie Fitzgerald fala sobre Prowlers:

 
Matérias Relacionadas