Vídeo prova uso político dos Correios na campanha do PT

Dias após os Correios distribuírem panfletos da presidenta Dilma Rousseff (PT) sem registro de controle, um novo escândalo ronda a empresa. Funcionários denunciam que a diretoria promove diversas “reuniões de serviço” que, na verdade, servem como palanque para alavancar a campanha petista em Minas Gerais.

No vídeo acima, o deputado estadual Durval Ângelo (PT) exalta uma reunião em que foi prometido o destravamento da infraestrutura dos Correios, além de parabenizar os militantes pelo aumento das intenções de voto de Dilma no Estado, de 30% para 40%. Segundo o parlamentar, isso só foi possível graças à “capilaridade” que os Correios forneceram. “Dilma tinha menos de 30% em Minas Gerais, se hoje estamos com 40% em Minas, tem dedo forte dos petistas do Correios”, afirmou. O presidente nacional da empresa, Wagner Pinheiro de Oliveira, ligado ao PT de Campinas (SP), e o diretor regional da empresa, José Pedro de Amengol Filho, chamado de “gigante” por Amengol, também aparecem no vídeo.

Vide Versus

 
Matérias Relacionadas