Veterinário de Pequim morre de vírus do macaco B, que tem uma taxa de mortalidade de 70-80%

Por Nicole Hao

Em 16 de julho, a China relatou a primeira morte causada pelo vírus do herpes B em sua história. O indivíduo, identificado como veterinário em Pequim, foi infectado por macacos em março e morreu em 27 de maio.

O vírus Monkey B, também conhecido como vírus Herpes B, tem uma taxa de mortalidade entre 70 e 80 por cento, conforme citado pela revista China CDC Weekly do China Center for Disease Control and Prevention, em seu relatório de 17 de julho . O relatório disse que os contatos próximos do falecido foram testados em abril e estavam livres do vírus.

Os seres humanos geralmente são infectados com o vírus quando são mordidos ou arranhados por um macaco infectado, ou têm contato com os olhos, nariz ou boca de um macaco, de acordo com o US CDC. O CDC observou que só foi documentado um caso de Transmissão do vírus Herpes B de pessoa para pessoa na história.

Não se sabe com que tipo de macaco a vítima estava em contato quando contraiu o vírus.

Primeira morte na china

O veterinário falecido tinha 53 anos. Ele trabalhou para uma instituição de criação e experimentação com primatas não humanos em Pequim.

Em 4 e 6 de março, o veterinário dissecou dois macacos mortos. Um mês após as dissecções, o veterinário “sentiu náuseas e vômitos seguidos de febre com sintomas neurológicos”, segundo o relatório.

Como os médicos em Pequim eram inexperientes em infecções pelo vírus Herpes B, o veterinário foi convidado a visitar vários hospitais para tratamento, mas não foi diagnosticado até 17 de abril, quando os médicos coletaram seu líquido cefalorraquidiano e de dois colegas para analisar se havia algum vírus relacionado com macacos.

Os resultados mostraram que o veterinário estava infectado com o vírus B.

Um grupo de cientistas do China CDC e da Capital Medical University concluiu em seu relatório: “Isso implica que o BV [vírus B] em macacos pode representar uma ameaça zoonótica potencial para os trabalhadores do setor.”

Funcionários médicos levam um paciente a uma clínica de febre em um hospital em Pequim, China, em 13 de janeiro de 2021 (GREG BAKER / AFP via Getty Images)

As infecções pelo vírus B começam com sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo febre e calafrios, dores musculares, fadiga e dores de cabeça, de acordo com o CDC dos Estados Unidos. Os sintomas geralmente começam um mês após a exposição a um macaco infectado com o vírus.

A primeira infecção humana foi identificada em 1932 e, desde então, apenas 50 casos de transmissão para humanos foram registrados. Destes, a maioria teve contato com um macaco e 21 morreram.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também

 
Matérias Relacionadas