“Usando palavras bonitas para encobrir falhas”

Origem da expressão idiomática 文过饰非
 Um menino pegando um doce sem permissão. Palavras bonitas não podem desfazer um delito (Taylor Hinton / Photos.com)
Um menino pegando um doce sem permissão. Palavras bonitas não podem desfazer um delito (Taylor Hinton/Photos.com)

“Usar palavras bonitas para encobrir falhas” (文过饰非, pronunciado wén guò shì fēi) é uma expressão chinesa que se refere ao uso de palavras eloquentes para encobrir um erro, disfarçar uma falha ou encobrir um delito.

Ela origina-se de duas fontes. A primeira parte, 文过 (wén guò), veio dos “Analetos” de Confúcio, numa passagem em que um dos discípulos de Confúcio, Zi Xia, afirma: “Uma pessoa de baixo caráter moral certamente encobre seus defeitos.”

A segunda parte, 饰非 (shì fēi), é de “Zhuang Zi”, num capítulo chamado “O ladrão Zhi”, em que Ji Liuxia descreve seu irmão Dao Zhi como sendo “eloquente o suficiente para esconder seus defeitos”.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas