Mulher é flagrada vendendo seu recém-nascido a empresa médica

Tráfico humano: Mulher vende bebê para empresa médica; Apoiadores do Epoch Times presos na China

Por NTD Notícias

Trabalhar 12 horas por dia, 6 dias na semana: uma prática comum em empresas de tecnologia chinesas. Agora, a Suprema Corte da China tem como alvo as políticas de horas extras.

Uma mulher foi flagrada vendendo seu recém-nascido a uma empresa médica. O caso sugere uma rede de tráfico de crianças e pode ser apenas a ponta do iceberg.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos condena Pequim por prender quase uma dúzia de apoiadores do Epoch Times na China. Eles forneciam imagens em primeira mão da pandemia na China ao jornal americano.

 

 
Matérias Relacionadas