Tufão Mindulle provoca quedas de energia e cancelamento de voos no Japão

Por Agência EFE

O poderoso tufão Mindulle provocou  na sexta-feira chuvas torrenciais e fortes rajadas de vento ao passar pela costa leste do Japão , causando cortes de energia em milhares de residências e o cancelamento de mais de uma centena de voos .

O tufão número 16 da temporada no Pacífico, descrito como “muito forte” pela Agência Meteorológica do Japão (JMA), se aproximou do leste do arquipélago japonês esta sexta-feira (01) e atingiu as ilhas japonesas de Izu, ao sul de Tóquio, e a prefeitura costeira de Chiba, a leste da capital.

A previsão é que o tufão deixe chuvas de até 120 milímetros hoje em Izu e na região de Kanto, onde fica Tóquio, além de rajadas de vento que excedem 100 quilômetros por hora.

Essas condições extremas danificaram linhas de transmissão em alguns lugares e deixaram cerca de 1.600 casas em Izu, outras 6.200 em Chiba e mais de mil na vizinha região de Ibaraki sem energia, de acordo com dados compilados pela emissora estadual NHK.

Além disso, mais de 120 voos domésticos com decolagens ou pousos planejados do aeroporto Haneda de Tóquio foram cancelados e os serviços ferroviários que conectam a capital com Chiba e Ibaraki foram alterados, com inúmeros atrasos e suspensões de trens, conforme relatado por empresas operacionais.

A JMA alertou para o risco de deslocamento de terras, transbordamento de rios e ondas fortes, com ondas chegando a onze metros em algumas partes da costa japonesa.

As autoridades japonesas indicaram que até o momento não houve danos materiais significativos ou vítimas da tempestade, embora tenham solicitado à população que permaneça alerta porque o tufão continuará avançando ao longo da costa leste japonesa em direção nordeste durante este sábado.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 
Matérias Relacionadas